REVISTA TAE - Estação de tratamento de esgoto em Osório é inaugurada e beneficia 30 mil pessoas

Esta notícia já foi visualizada 630 vezes.

Estação de tratamento de esgoto em Osório é inaugurada e beneficia 30 mil pessoas

Data:20/12/2018- Fonte:www.corsan.com.br

Trinta mil habitantes de Osório serão beneficiados a partir de agora com a nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan). A obra foi inaugurada na tarde desta quarta-feira (19), com a presença do governador José Ivo Sartori, do presidente da entidade, Jorge Melo, e do secretário de Obras, Saneamento e Habitação, Rogério Salazar.

A nova estação vai operar com vazão média de 100 l/s e teve um investimento no valor de R$ 26 milhões. “Investir em saneamento é investir em saúde pública. O tratamento de esgoto é requisito básico para a qualidade de vida das pessoas. Nenhum município se desenvolve sem saneamento”, ressaltou o governador.

O secretário de Obras enfatizou as diversas obras da Corsan que estão sendo realizadas no estado na área do tratamento de esgoto e também de distribuição de água. “Esse é um trabalho que nos orgulha bastante. Gera emprego, renda e desenvolvimento aos municípios. Que essa obra também traga para Osório frutos positivos”, destacou.

A estação está tratando cerca de 30% do esgoto da cidade, segundo o diretor da Corsan. “É um grande avanço para quem não tinha nada. É saúde para os moradores de Osório”, defendeu.

Para o prefeito do município, Eduardo Abrahão, o dia é de comemoração pois esta é uma obra que teve início há nove anos. “Essa estrutura é para o futuro. Faz parte de uma política pública, de qualidade de vida, de saúde e de meio ambiente. Estamos cuidando das pessoas e esse é um processo preventivo”, garantiu.

Vistoria às obras ETE Tramandaí

Ainda durante a tarde, a comitiva visitou outras obras da Corsan, como da ETE Tramandaí. O investimento no local é de R$ 16.556.244,22 para ampliar e qualificar o processo de tratamento existente. A estação terá capacidade de tratar 128 l/s e beneficiará cerca de 37 mil pessoas. A obra está prevista para terminar em setembro de 2019.

ETE Santo Antônio da Patrulha

A última vistoria do dia foi na ETE Santo Antônio da Patrulha. A estação está projetada para tratar 60 l/s nesta primeira fase (e 120 l/s, na segunda etapa). Com investimento de R$ 16.446.458,28, a ETE vai beneficiar 35 mil habitantes e tem previsão de conclusão em agosto de 2019.

Na oportunidade, foi lançado o edital para modernização e reforma da Estação de Tratamento de Água (ETA) da cidade. A obra inclui reservatório de acumulação para captar o efluente drenado do leito de secagem, bem como o efluente gerado pela lavagem de filtros, que retornarão ao ponto de entrada de água bruta da estação por meio de uma elevatória de recirculação. O investimento será de R$ 683.358,55.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade