REVISTA TAE - CAEMA promove capacitação em Tratamento de Efluentes
Esta notícia já foi visualizada 1020 vezes.



CAEMA promove capacitação em Tratamento de Efluentes

Data:20/12/2018
Fonte: Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA)

De 11 a 14 de dezembro, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (CAEMA) realizou treinamento com funcionários destinado para atividades como controle, monitoramento e operação de Estações de Tratamento de Efluentes para operadores, analistas, gestores, técnicos e engenheiros ambientais.

Objetivando aprimorar a qualificação dos colaboradores e, consequentemente, melhorar a qualidade da atuação das ETEs, o curso realizado na ETE Vinhais foi ministrado pela Especialista em Tratamento de Efluentes e representante da Acquasolution Consultoria Ambiental, Flavia Marques. De acordo com a especialista, o treinamento teve como intuito o aprimoramento do processo de operação das estações e boas práticas com relação ao controle desses sistemas.

O treinamento contou com um conteúdo programático diversificado sobre o sistema das ETEs, abrangendo temáticas como fundamentos básicos, parâmetros de controle e monitoramento de processo, gerenciamento operacional, custos, indicadores de qualidade, higiene, saúde e segurança, legislação, paradas, inibição, odores, manutenções e ações emergenciais.

Durante o encerramento do curso, esteve presente também o presidente da Caema, Carlos Rogerio Araújo, que na ocasião enfatizou sobre a extrema importância do treinamento. “A capacitação dos empregados visa o aprimoramento de suas habilidades para executar funções específicas, como a técnica de tratamento do esgoto, com resultados positivos para a salubridade ambiental”, disse o presidente.



Para Sergio Mendonça, operador da ETE Vinhais, treinamentos como este são muito importantes para reciclagem de funcionários tanto da área operacional, quanto para área de meio ambiente. "É um curso muito importante para o pessoal da manutenção e, principalmente, e para o meio ambiente, pois devemos lembrar que o efluente que entra na estação deve sempre sair com qualidade depois de tradado", disse o operador.

O Coordenador de Tratamento de Esgoto, Afonso Ligório, enfatizou que o conhecimento absorvido no treinamento deve ser aplicado o mais rápido possível nas operações das estações. “Já tive a oportunidade de visitar empresas de referência na área com a professora Flavia em outros cursos e acredito que este tipo de treinamento é indispensável para os funcionários das ETEs, já que estamos recebendo as melhores orientações para aprimorar o nosso trabalho”, finalizou.

Comentários desta notícia

Publicidade