REVISTA TAE - Casal assina contrato para reduzir perdas e aumentar receita

Esta notícia já foi visualizada 999 vezes.

Casal assina contrato para reduzir perdas e aumentar receita

Data:21/12/2018- Fonte:www.casal.al.gov.br

Acordo com consórcio RP Maceió prevê investimentos na casa de R$ 105 milhões

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) e o consórcio RP Maceió assinaram, nesta quinta-feira (20), um contrato que prevê investimentos de cerca de R$ 105 milhões nas áreas de combate a perdas comerciais e recadastramento.

O acordo, com assinatura concedida por Clécio Falcão, presidente da Casal, encaixa-se na modalidade de performance. Desse modo, o valor será investido inteiramente pela empresa contratada, a qual obterá seu retorno financeiro na forma dos resultados obtidos em seu trabalho.

“É mais uma medida que faz parte da recuperação econômico-financeira da Companhia, que em 2018 deverá ter seu terceiro superavit seguido, após vários anos de prejuízos”, colocou o presidente Clécio Falcão, acrescentando que o fortalecimento da empresa tem como resultado melhores serviços para a população.

De acordo com Samuel Leite, superintendente de Gestão Operacional e Comercial, da Casal, trata-se de uma parceria onde ambos os lados ganham. “Para nós (Casal), está prevista a recolocação de hidrômetros, considerando-se o mais apropriado a cada modalidade de consumo, e o recadastramento de todos os clientes das Unidades de Negócio Jaraguá e Farol, o que leva em conta os ligados, desligados, suprimidos (que não fazem uso de rede já disponível) e os potenciais (que podem se tornar clientes)”, detalhou.

“Trabalharemos para reduzir perdas comerciais na forma de by pass, o conhecido “gato”, e também para colocar hidrômetros onde não houver, ou substituir aqueles que estiverem mal dimensionados”, concluiu o gestor. Leite acredita que essa parceria com o Consórcio RP Maceió permitirá à Casal melhorar sua receita e consolidar sua recuperação econômica.

O superintendente, que esteve à frente da elaboração do contrato junto a gestores da empresa terceira, ressalta que a população se beneficiará desses trabalhos. “Está previsto nessa parceria a pesquisa por vazamentos não visíveis e o combate ao consumo clandestino. Com a redução do desperdício, mais água será ofertada ao consumidor”, acrescentou.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade