REVISTA TAE - Governo assina contratos de R$ 267 milhões para financiar esgotamento de Maceió
Esta notícia já foi visualizada 605 vezes.



Governo assina contratos de R$ 267 milhões para financiar esgotamento de Maceió

Data:08/01/2019
Fonte: www.casal.al.gov.br

Recursos liberados pelo Banco do Nordeste serão aplicados por meio de uma PPP e uma Locação de Ativos

Obra executada pela Sanama para construção da ETE do Benedito Bentes segue em andamento

O governador Renan Filho, o secretário de Estado da Infraestrutura, Fernando Melro Filho, e o presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), Clécio Falcão, assinam, na próxima segunda-feira (7), os contratos de financiamento com o Banco do Nordeste (BNB) para repasse de recursos aos consórcios Sanama e Sanema, que executam obras de ampliação do esgotamento sanitário de Maceió.

A solenidade está marcada para às 10h, no Salão Aqualtune, que fica no Palácio República dos Palmares, situado no centro da capital. O presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, o superintendente do banco em Alagoas, Pedro Ermírio, e os diretores dos consórcios Sanama e Sanema também participam do ato e assinam os respectivos contratos.

A Sanama mantém com o Estado, por meio da Casal, um contrato de Parceria Público-Privada (PPP) para implantação de um sistema de esgotamento sanitário na parte alta de Maceió, incluindo o Tabuleiro do Martins, o Benedito Bentes e bairros adjacentes. As obras já começaram, inclusive a construção da estação de tratamento de esgoto (ETE), situada no Benedito Bentes.

Pelo contrato de financiamento com o BNB, o consórcio Sanama vai receber R$ 134.557.919,61 para dar continuidade às obras. Ao final do projeto, serão beneficiadas com rede coletora e tratamento de esgoto, em média, 160 mil pessoas da parte alta da capital.

A Sanema, por sua vez, possui com a Casal um contrato de Locação de Ativos e está implantando um sistema de esgotamento sanitário no Farol e bairros vizinhos. A ETE está em andamento, numa área situada por trás do quartel do Exército. Pelo contrato de financiamento, serão repassados pelo BNB R$ 133.103.563,08. Ao final do empreendimento, cerca de 200 mil pessoas serão beneficiadas.

Somados, os dois financiamentos a serem liberados pelo Banco do Nordeste chegam a mais de R$ 267 milhões. Porém, este não é o valor total a ser investido pelos dois consórcios nos dois sistemas de esgotamento sanitário da capital. O montante aplicado passa dos R$ 474 milhões, tendo em vista que as empresas Sanama e Sanema possuem outras fontes de financiamento e já começaram a fazer investimentos nas obras, que estão em execução.

“A obtenção desses recursos junto ao Banco do Nordeste, diante de um cenário de crise econômica nacional, foi uma vitória para o Governo de Alagoas e para os alagoanos, numa parceria importante com a iniciativa privada”, ressaltou o presidente da Casal, Clécio Falcão.

“O Governo Renan Filho está investindo em esgotamento sanitário em Maceió mais do que se investiu em toda a história da cidade. Daqui a dois anos, ao final dos dois projetos, a cobertura da rede de esgotamento da cidade vai dobrar, passando de 35% para 70%. Isso vai significar mais qualidade de vida e mais saúde para a população”, explicou o presidente da companhia estadual.

Segundo ele, essas medidas foram possíveis graças ao apoio dado pelo governador e à recuperação econômico-financeira da Casal, que iniciou um novo ciclo de superavits. “Após 30 anos no vermelho, voltamos a dar superavit em 2016, depois em 2017 e estamos repetindo em 2018 um novo superavit”, comemorou o gestor.

Comentários desta notícia

Publicidade