REVISTA TAE - Ramboll assina aditivo de contrato com o MPF, amplia operação e abre dois novos escritórios, em MG e ES, e cria nova área de operações no Brasil
Esta notícia já foi visualizada 706 vezes.



Ramboll assina aditivo de contrato com o MPF, amplia operação e abre dois novos escritórios, em MG e ES, e cria nova área de operações no Brasil

Data:18/01/2019
Fonte: Assessoria de imprensa

Ramboll assina aditivo de contrato para monitoramento do Rio Doce e abre escritórios em Minas Gerais e Espírito Santo

A Ramboll, consultoria multinacional especializada em engenharia e projetos multidisciplinares, acaba de assinar com o Ministério Público Federal o aditivo do contrato de monitoramento dos programas de reparação da Bacia do Rio Doce. Desta forma, como vinha ocorrendo há mais de dois anos, a empresa seguirá ampliando suas operações, com a abertura de novos escritórios em Mariana (MG) e em Vitória (ES), no primeiro trimestre de 2019.

Para gerenciar esse crescimento e a enorme demanda de recursos, a Ramboll anuncia a criação de uma nova área de Operações no Brasil, que será dirigida pelo engenheiro Gustavo Mello. Mello seguirá se reportando a Eugenio Singer, presidente da Ramboll no Brasil, o qual passa a se dedicar mais à estratégia de crescimento da empresa, alinhada à recente aquisição internacional da OBG, companhia de engenharia em energia, saneamento e meio ambiente nos Estados Unidos.

“Em 2018, tivemos um ano muito positivo de crescimento e consolidação da nossa operação no País. Isso nos deu a estabilidade necessária para, em 2019, prosseguirmos com os projetos em andamento e expandirmos os serviços da Ramboll para novas regiões e setores de negócios na área ambiental, saúde e segurança”, comenta Eugenio Singer.

Mello, que ocupava o cargo de gerente de operações de investigação e remediação de áreas contaminadas na empresa, desde março de 2013, terá como principal desafio, em 2019, garantir a rentabilidade e sustentabilidade da empresa, manter a equipe em sinergia e em constante aprimoramento, de forma a atender aos novos contratos e áreas de atuação da Ramboll no Brasil. “As perspectivas para 2019 são muito positivas, e a Ramboll está fortalecendo sua estrutura para atender à complexidade dos projetos gerenciados no Brasil”, afirma o novo diretor de Operações.

O executivo iniciou a carreira na empresa em 2004 como estagiário, foi contratado como engenheiro em 2005, passando pela posição de coordenador, gerente e, finalmente, ao cargo de diretor. Ao todo, são mais de 15 anos de experiência somente na Ramboll.

Engenheiro químico bacharelado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), Mello tem pós-graduação em Segurança do Trabalho e Engenharia de Segurança pela USP e é mestre em Processos Industrias pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT).

Comentários desta notícia

Publicidade