REVISTA TAE - Braskem se mantém como "Lista A" em gestão de riscos climático e hídrico

Esta notícia já foi visualizada 695 vezes.

Braskem se mantém como "Lista A" em gestão de riscos climático e hídrico

Data:24/01/2019- Fonte:www.revistafatorbrasil.com.br

Mais uma vez a companhia é destaque em ranking global sobre emissão de gases de efeito estufa e gestão de recursos hídricos, desenvolvido pelo Carbon Disclosure Program.

São Paulo — A gestão e os investimentos da Braskem em prol do desenvolvimento sustentável de sua operação foram reconhecidos pelo CDP (Carbon Disclosure Program), organização sem fins lucrativos que seleciona as melhores empresas de capital aberto no mundo em relação ao gerenciamento da emissão de gases de efeito estufa, consumo da água e uso das florestas. A companhia se manteve na "Lista A" da entidade, sendo a única brasileira com classificação máxima nos rankings de Clima, por três vezes consecutivas, e Água, pela segunda vez.

Engajada em ter uma atuação empresarial responsável, das sete mil empresas avaliadas, a Braskem está entre as 126 que atingiram o "A List" em Clima e as 27 "A List" em Água. Em 2018, o ranking reconheceu 120 empresas no primeiro item e 74, no segundo. Em todo o mundo, a Braskem ficou entre as 16 empresas que alcançaram a classificação máxima nos dois quesitos, das quais apenas duas são brasileiras e três do setor químico.

"Ao longo dos anos, temos compartilhado nossas experiências em desenvolvimento sustentável com o intuito de engajar clientes e fornecedores, visando ampliar a contribuição da cadeia para o desenvolvimento econômico, social e ambiental. Especificamente, o reconhecimento como ´A List´ do CDP reforça nossa capacidade de cooperar com nossos parceiros em prol de uma gestão hídrica eficiente e da redução de emissões", afirma Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem.

"Parabenizo todas as empresas que entraram no ´A List´ do CDP este ano. São elas que estão se posicionando para fornecer soluções, aproveitar novas oportunidades de mercado e prosperar na transição para uma economia sustentável. Precisamos intensificar urgentemente a ação ambiental em todos os níveis, a fim de cumprir as metas do Acordo de Paris e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. É claro que o mundo dos negócios é essencial nessa transição e as empresas da lista estão preparadas para dar uma contribuição substancial a essas metas", afirmou Paul Simpson, CEO do CDP.

Entenda a avaliação — A avaliação do CDP sobre o controle da emissão de gases poluentes, gestão de recursos hídricos e uso das florestas pelas maiores empresas globais está entre as mais importantes e reconhecidas no mundo. Anualmente, a organização coleta dados de riscos e oportunidades relacionados às mudanças climáticas de mais de duas mil companhias com atividades em todos os continentes. O questionário do CDP avalia, em notas de "A" a "D", quesitos como "divulgação", "consciência", "gestão" e "liderança" das empresas sobre emissão de gases e investimentos em ações de mitigação do nível de poluentes liberados na atmosfera, além de consumo de água e impacto sobre a preservação das florestas.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade