REVISTA TAE - Curso “Lodos Ativados, MBR e MBBR – Fundamentos dos Processos e Aspectos Operacionais” reúne especialistas do setor de saneamento, em São Paulo

Esta notícia já foi visualizada 433 vezes.

Curso “Lodos Ativados, MBR e MBBR – Fundamentos dos Processos e Aspectos Operacionais” reúne especialistas do setor de saneamento, em São Paulo

Data:29/01/2019- Fonte:Assessoria de imprensa

Evento foi patrocinado pela Busch, empresa que desenvolve produtos voltados à aeração, remoção e limpeza durante o processo de tratamento de efluentes municipais e industriais.

Com o objetivo de dar uma visão geral dos fundamentos teóricos e práticos do processo de tratamento biológico aeróbio de efluentes, o Portal Tratamento de Água promoveu o curso “Lodos Ativados, MBR e MBBR – Fundamentos dos Processos e Aspectos Operacionais”, entre os dias 17 e 19 de janeiro, em São Paulo. Voltado para profissionais e estudantes que atuam direta ou indiretamente com projetos, obras e operação de sistemas de tratamento de efluentes domésticos e industriais, o evento reuniu mais de 100 participantes e foi ministrado por importantes nomes do setor, como o Doutor em Engenharia Ambiental pelo Imperial College de Londres e Professor Titular do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFMG, Marcos Von Sperling.

Responsável pelas apresentações feitas nos dois primeiros dias do evento, Sperling abordou desde a visão geral do processo de Lodos Ativados até o controle operacional de reatores anaeróbios. “O lodo ativado é o processo mais utilizado mundialmente para o tratamento de esgoto sanitário e efluente industrial. A eficiência dele é comprovada na remoção da matéria orgânica das águas residuais e, com algumas adaptações, remove o nitrogênio e o fósforo”, explicou. Quando o assunto é o Brasil, no entanto, Sperling destaca alguns desafios. “Ainda há muito o que fazer, pois somente cerca de 50% dos esgotos são coletados no país e, desses, apenas 70% são tratados. O desafio é universalizar o esgotamento sanitário, com políticas públicas para orientar esse esforço em prol da saúde pública e do meio ambiente”, complementou.

Segundo o Diretor do Portal de Saneamento Básico, Alexandre Lopes, esta já é a oitava edição do curso, que é promovido duas vezes ao ano em conjunto com o Portal de Tratamento de Água. “Realizamos um seminário de nível avançado no começo do ano e outro mais básico no segundo semestre. Ambos possuem uma procura bastante significativa tanto por parte da indústria quanto de companhias públicas e privadas de saneamento. A necessidade de reciclagem no setor é constante, com a chegada de novos profissionais”, diz. Lopes ainda destaca que o evento recebe participantes de todos os Estados do Brasil, bem como de países da América Latina.  

Vale ressaltar que a primeira edição de 2019 contou com o patrocino da Busch, multinacional alemã presente em 43 países. Líder no fornecimento de bombas de vácuo e sopradores para o setor alimentício, a empresa tem apostado também no setor de saneamento por meio da oferta de produtos voltados à aeração, remoção e limpeza durante o processo de tratamento de efluentes municipais e industriais. O principal destaque da Busch é o soprador de lóbulos rotativos Tyr, usado para a aeração.

O Tyr possui seis modelos diferentes para potências de motor de 1, 5 kW a 90 kW, cobrindo um fluxo volumétrico com intervalo de rendimento que vai de 150 a 4.380 metros cúbicos por hora a uma sobrepressão de até 1 bar. “O Tyr foi desenvolvido pela Busch com a intenção de levar confiabilidade à operação, com elevado desempenho”, explica o diretor Achim Lessel, da Busch do Brasil. Entre os diferenciais do Tyr, ele destaca que se trata de um equipamento robusto, compacto e silencioso, graças ao seu isolamento acústico, com baixo consumo de energia, reduzidos custos operacionais e pouca necessidade de manutenção. Além de estar apto ao FINAME, possui suporte total durante toda a sua vida útil, completa Lessel.

 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade