REVISTA TAE - Moradores de Ituporanga recebem em casa orientações sobre esgotos

Esta notícia já foi visualizada 674 vezes.

Moradores de Ituporanga recebem em casa orientações sobre esgotos

Data:30/01/2019- Fonte:CASAN

Com um trabalho intensivo no período de 24 a 28 de outubro, uma equipe técnica da CASAN visitou mais de 400 residências localizadas nos bairros Santo Antônio e Jardim América, em Ituporanga. O objetivo foi levar aos moradores informações e esclarecimento sobre o novo Sistema Público de Esgotamento Sanitário que está entrando em operação na cidade.

“Conseguimos realizar visitas em cerca de 40% das residências que serão atendidas nesta primeira etapa do sistema de esgoto”, informa a psicóloga Rafaella Barni. Em mais de 300 casas os profissionais conseguiram conversar diretamente com os moradores. Nas demais foi deixado um fôlder que explica como deve ser realizada a ligação do imóvel à rede de esgotos.

“No geral fomos bem recebidos e em algumas casas as pessoas já estavam aguardando nossa visita para sanar as dúvidas”, conta Rafaella. Um dos principais questionamentos dos moradores é sobre o valor da taxa de esgotos, pois em breve o serviço será cobrado e corresponde a 100% da fatura de água.  

“Buscamos esclarecer as dúvidas e explicar aos moradores a importância do sistema de esgoto para a saúde, para a qualidade de vida, para a valorização dos imóveis para a conservação do meio ambiente”, explica a psicóloga da CASAN. “Também explicamos que nesse momento é fundamental que seja feita a ligação do esgoto residencial à Caixa de Inspeção instalada na frente dos imóveis, pois sem essa conexão o Sistema não vai operar adequadamente e gerar os benefícios para os moradores e para a cidade”, alerta.

Assim como outros 40 municípios catarinenses, Ituporanga está recebendo seu primeiro Sistema Público de Esgotamento Sanitário. Mais de 3,5 mil moradores serão beneficiados nesta primeira etapa, o que significa um percentual de 14% com o serviço de coleta e tratamento de esgotos.

O investimento em Ituporanga é de R$ 15,5 milhões, obtidos pela CASAN junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

Profissionais conversam com moradores, levam informações e esclarecem dúvidas. Foto: Divulgação / CASAN 

 

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade