REVISTA TAE - João Jerônimo prepara livro de memórias sobre as Bacias PCJ

Esta notícia já foi visualizada 333 vezes.

João Jerônimo prepara livro de memórias sobre as Bacias PCJ

Data:05/02/2019- Fonte:www.agencia.baciaspcj.org.br

Especialista em recursos hídricos e coordenador do Consórcio PCJ de 1989 a 1998, João Jerônimo Monticeli, esteve na Agência das Bacias PCJ na sexta-feira (01/02/2019), e contou sobre seu novo projeto

Especialista em recursos hídricos, João Jerônimo Monticeli, foi um dos importantes personagens que fizeram parte da história das Bacias PCJ (Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) e da “luta pela água” ocorrida na década de 80, que culminou com a fundação do Consórcio PCJ, em 1989. Agora, JJ, como também é conhecido, colocará tudo no papel. Ele prepara o livro “Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí: Memórias”, que deverá ser lançando ainda neste primeiro semestre.

JJ visitou a Agência das Bacias PCJ, em Piracicaba, na sexta-feira (01/02/2019) e contou um pouco sobre este projeto, além de presentear os colaboradores da entidade com os três volumes do livro “Geologia de Engenharia Ambiental” - dos quais é um dos editores-, publicado pela Associação Brasileira de Geologia de Engenharia Ambiental. Monticeli foi recebido pelo presidente da Agência das Bacias PCJ, Sergio Razera, e também conheceu as dependências e os colaboradores da entidade.

Segundo JJ, seu livro de memórias sobre as Bacias PCJ começou a ser escrito e organizado no segundo semestre de 2018. A meta é lançá-lo até junho de 2019. Trata-se de um esforço do autor em registrar acontecimentos, muitos deles de bastidores, relacionados ao período inicial de atividades do Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Consórcio PCJ), que vai de 1989 a 1998, quando Monticeli atuou como coordenador geral da entidade, além de ter sido um dos criadores e fundadores dela.

“É um livro que comecei há quatro meses e quero fazer o mais rapidamente possível a publicação da primeira edição. Eu estou tirando da cabeça. Não estou fazendo um estudo bibliográfico”, explicou o geólogo e mestre em Engenharia Civil pela USP (Universidade Estadual de São Paulo).

No livro de memórias sobre as Bacias PCJ, além de diversas passagens de época relacionadas à gestão dos recursos hídricos, Monticeli relatará a história do Consórcio PCJ, as mudanças nas leis federal e estadual quanto aos recursos hídricos, a criação dos Comitês PCJ, entre vários outros relatos.

O livro foi dividido em oito capítulos, cada um contendo um resumo inicial. O “Capítulo 1 -Bacias PCJ” é o tronco mestre e praticamente uma síntese geral. O “Capítulo 2-Antecedentes”, aborda acontecimentos anteriores a 1988, e o “Capítulo 3 - Consórcio PCJ”, a criação da entidade e o seu Estatuto.

O “Capítulo 4 - Equipe Técnica” e o “Capítulo 5 -Divulgação Institucional” trazem procedimentos adotados pelo Consórcio PCJ na condução dos trabalhos. O “Capítulo 6 – Legislação de Recursos Hídricos” faz referência a acontecimentos ocorridos e ao papel exercido pelo Consórcio na época.

O “Capítulo 7 – Programas” descreve os principais trabalhos e ações desenvolvidos, priorizando a finalidade, sucesso obtido, dificuldades encontradas e maneira como foram organizados. O “Capítulo 8 – Epílogo” aborda, como não poderia deixar de ser, a despedida. “Ao final, devem ser inclusos apêndices, cópias escaneadas de algumas publicações históricas e documentos da época, especialmente selecionadas para constar no livro”, comentou Monticeli.

Há vários anos, JJ atua como consultor de Planos de Recursos Hídricos de Bacias Hidrográficas em São Paulo e Minas Gerais. Ele participou dos marcos regulatórios (legislação) de recursos hídricos de âmbito nacional e dos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Paraná. Após coordenar o Consórcio PCJ por quase uma década, Monticeli foi diretor geral, entre 2005 e 2006, da Agência de Bacia do Rio Paraíba do Sul, o primeiro organismo de bacia a gerenciar o produto da cobrança pelo uso das águas.

GEOLOGIA DE ENGENHARIA AMBIENTAL

O livro “Geologia de Engenharia Ambiental”, com o qual João Jerônimo presenteou toda a equipe da Agência das Bacias PCJ, é composto por três volumes. São 93 autores e dois editores, João Jerônimo Monticeli e Antonio Manoel dos Santos Oliveira. O livro é publicado pela Associação Brasileira de Geologia de Engenharia Ambiental e faz parte das comemorações dos 50 anos da entidade.

O “Volume I - Estrutura do Livro”, contém os prefácios, apresentação, agradecimentos, autores (perfil profissional e endereço eletrônico), referências bibliográficas e índice remissivo. O “Volume 2 – Métodos e Técnicas” contém 23 capítulos e o “Volume 3 – Aplicações”, contém 17 capítulos.

Os 40 capítulos navegam com eficácia pelas áreas de planejamento e controle ambiental, riscos geológicos, investigações geológicas e geotécnicas, projeto e construção de obras de engenharia, ensino, ética e profissão, imprevistos geológicos, entre outros.

Dos 93 autores, 56 deles possuem títulos de doutores e 24 de mestres, obtidos em renomadas universidades públicas do país e do exterior; outros 13 são profissionais experts, 11 deles com mais de 40 anos de experiência.

A Geologia de Engenharia Ambiental é a ciência dedicada à investigação, estudo e solução de problemas de Engenharia e do Meio Ambiente, decorrentes da interação entre o terreno natural (solo, rocha, água, hidrocarbonetos) e as atividades do homem. Essa área técnico-científica nasceu e se desenvolveu com os projetos, construção e monitoramento de obras de grande porte, como barragens, rodovias, ferrovias e escavações a céu aberto e subterrâneas para obras civis e minerárias, onde a necessidade de bons projetos, segurança e correta estimativa de custos são fundamentais. Mais informações no site www.abge.org.br.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade