REVISTA TAE - Obra da ETE Itapecerica em Divinópolis tem novo cronograma

Esta notícia já foi visualizada 357 vezes.

Obra da ETE Itapecerica em Divinópolis tem novo cronograma

Data:06/02/2019- Fonte:www.copasa.com.br

Com mais de 85% de suas estruturas concluídas, empreendimento deverá ser entregue ainda no primeiro semestre de 2019

Com um novo cronograma acordado com o município, a obra de construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Bacia do Itapecerica, realizada pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), em Divinópolis, continua avançando. Previsto para ser entregue ainda no primeiro semestre de 2019, o empreendimento está sendo desenvolvido em frentes simultâneas para acelerar a sua conclusão.

A ETE, que conta com mais de 85% de suas estruturas concluídas, está em fase final de urbanização, execução da rede de energia elétrica interna, além de pavimentação das vias da unidade. A Copasa está concluindo, na atual etapa da obra, a montagem dos reatores que farão o tratamento dos efluentes: um módulo desse equipamento já está finalizado e em condições de operar 100 litros por segundo. A previsão é que essa etapa seja concluída até o início de março.

A estação elevatória, responsável por receber e bombear todo o esgoto da cidade para a ETE, já está implantada. Em fevereiro serão iniciados os testes pré-operacionais, sendo que todos os equipamentos já se encontram instalados. Finalizada essa fase, a ETE estará pronta para receber e tratar o esgoto de Divinópolis. O início da operação, ainda em fase de testes, está previsto para março, recebendo o esgoto dos bairros Jardim Candelária, Jardim das Oliveiras, Fonte Boa, Prolongamento Bom Pastor, Dom Cristiano e Eldorado.

O Superintendente de operação Centro e Oeste, João Martins, ressaltou o compromisso da Companhia de entregar a obra dentro do cronograma estabelecido. “Tivemos uma situação de atraso na entrega de materiais que prejudicou o planejamento e, consequentemente, afetou o início da operação que estava previsto para dezembro de 2018. Resolvida essa questão com os fornecedores, a obra está caminhando para sua fase final e, brevemente, estaremos iniciando os testes e pré-operação da unidade”, destacou.

Um dos maiores investimentos de esgoto em Minas Gerais, o empreendimento conta com investimentos da ordem de R$143 milhões. A nova estrutura, juntamente com o sistema da bacia do Rio Pará, em operação desde 2013, irá oferecer ao município um completo sistema de esgotamento sanitário, garantindo o tratamento de 100% dos efluentes coletados na cidade. Quando finalizada, a estação terá capacidade de receber e tratar 400 litros de efluente por segundo.

Intervenções urbanas

Ao todo, estão sendo instalados 6.130 metros de redes coletoras, 74.400 metros de interceptores, 14 travessias, 10 estações elevatórias e respectivas linhas de bombeamento. Até o momento, já foram implantados 27.400 metros de interceptores, estruturas que receberão os esgotos das redes coletoras e os encaminharão para a ETE. As estações elevatórias dos bairros Manoel Valinhas, Nossa Senhora das Graças e Porto Velho estão em execução.

A implantação dos interceptores é a etapa mais morosa do empreendimento, devido à complexidade das obras em regiões urbanas que dependem, em muitos casos, da liberação de áreas para intervenção por parte dos proprietários. A previsão é que a frente de trabalho na região da rua Pitangui terminem no início de março. As obras nesta região foram dificultadas pela condição do solo, com a presença de areia e água. A próxima fase será a implantação dos interceptores seguindo as margens do rio Itapecerica, prevista para o primeiro trimestre de 2019.

A Copasa em Divinópolis

A Copasa é responsável pelos serviços de abastecimento de água de Divinópolis há 43 anos. Em 2012, iniciou a operação do serviço de esgotamento sanitário do município e realiza todo o trabalho necessário para o bom funcionamento do sistema. Desde então, a Companhia vem trabalhando para garantir mais qualidade de vida para a população, desenvolvimento e avanço da região.

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade