REVISTA TAE - Sanepar é citada como referência na gestão de água no Brasil

Esta notícia já foi visualizada 255 vezes.

Sanepar é citada como referência na gestão de água no Brasil

Data:08/02/2019- Fonte:Sanepar

Citação ocorreu em premiado programa nacional de rádio sobre saneamento


A Sanepar apareceu como referência positiva na gestão de água no Brasil, no segundo episódio da série de programas de rádio “Água no Brasil: um direito não reconhecido”. O material ficou em 1.º lugar no Prêmio ARI Banrisul de Jornalismo, maior reconhecimento na área de jornalismo do Rio Grande do Sul. A série também recebeu menção honrosa no Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo, realizado pelo Movimento Justiça e Direitos Humanos, também do Rio Grande do Sul.

Os jornalistas Leno Falk e Theresa Klein produziram os programas para a Agência Web Rádio, uma das maiores agências de notícias para rádio do Brasil, com mais de duas mil emissoras afiliadas. "Temos que dar luz, cada vez mais, a esse assunto que tem impacto tão grande nas nossas vidas, seja na saúde, na área social ou no desenvolvimento econômico", diz Leno Falk, sobre a série.

Em cinco episódios, a série mostra os principais problemas enfrentados no País pela população com falta de saneamento e de tratamento da água. Durante a produção, os jornalistas entrevistaram 35 fontes diferentes entre personagens do Sul e do Norte do Brasil, entidades, especialistas nacionais e internacionais, a Organização das Nações Unidas (ONU), a Unesco e representantes do governo.

A Sanepar é citada no segundo episódio, como referência nacional na gestão da água. No mesmo programa, como referência internacional, os repórteres falam de Israel na gestão dos recursos hídricos, com entrevistas com um especialista israelense e um escritor americano.

Segundo os jornalistas, a série “Água no Brasil: um direito não reconhecido” mostra que, ao completar 30 anos, a Constituição Federal do Brasil ainda não prevê a água como direito fundamental. “Em novembro de 2002, o Comitê da ONU para os Direitos Econômicos, Sociais e Culturais afirmou que o acesso à água suficiente e segura deve ser um dos principais direitos humanos. O Brasil é signatário da medida. No entanto, na prática, muitos brasileiros não conhecem este direito”, afirma Theresa. Dados do Instituto Trata Brasil mostram que mais da metade da população não têm acesso à coleta de esgoto e 35 milhões não têm acesso à água tratada.

Para ela, ao falar em direitos humanos, é comum que se recorra a pautas ligadas à violência e ao preconceito. “Nem sempre é lembrado que direitos humanos são todos aqueles fundamentais à vida. Por este motivo, decidimos mostrar que a água não é apenas assunto dentro da sustentabilidade. É um direito, um legado que deve obrigatoriamente ser deixado para as próximas gerações. Mostrar o equilíbrio ambiental por este prisma reforça nosso papel como jornalistas, de alertar e informar a sociedade para que tenham uma visão completa do mundo”, explica.

Conheça abaixo um resumo sobre cada capítulo e acesse os links para ouvir os programas:

Episódios da série “Água no Brasil: um direito não reconhecido":

Episódio 1: mostra relatos de moradores do Norte e do Sul do País que sofrem com a falta de saneamento, água potável ou que questionam o serviço. Além de análises de ativistas, lideranças do segmento e autoridades são entrevistadas. O Ministério Público aponta consequências com a não previsão do direito à água na Constituição.

Link para ouvir: https://agenciaradioweb.com.br/ouvir_audios/180318175319BOL1_SERIE_AGUA_...

Episódio 2: mostra os exemplos de Israel na gestão dos recursos hídricos, com entrevista com um especialista israelense e análise de um ativista e escritor americano. No Brasil, a referência na gestão da água é a Sanepar.

Link para ouvir: https://agenciaradioweb.com.br/ouvir_audios/180318193728BOL2_SERIE_AGUA_...

Episódio 3: aborda o desemprego e a desigualdade social. Dois dos grandes desafios brasileiros têm em comum um ponto: estão diretamente relacionados à água. Segundo a Unesco, o Brasil precisa mudar suas ações. As mudanças climáticas aliadas à falta de cuidados do País em relação aos recursos hídricos e ao saneamento devem aumentar migrações do campo para as cidades, que já sofrem com a crise hídrica e problemas sociais.

Link para ouvir: https://agenciaradioweb.com.br/ouvir_audios/180319195342BOL3_SERIE_AGUA_...

Episódio 4: especialista afirma que há tipos de câncer relacionados à contaminação da água gerando, inclusive, alteração do material genético. Além disso, a diarréia, causada pela exposição à poluição e à falta de saneamento, mata mais crianças que malária, sarampo e AIDS juntas. Nesta reportagem, também se fala das iniciativas para que a Bacia do Pantanal não seja ainda mais contaminada pelo descarte irregular de resíduos e dos planos de saneamento previstos para a região da Amazônia.

Link para ouvir: https://agenciaradioweb.com.br/ouvir_audios/180321095316BOL4_SERIE_AGUA_...

Episódio 5: trata da mudança de consciência da indústria e do setor financeiro e a importância da educação no processo de valorização da água desde a infância.

Link para ouvir: https://agenciaradioweb.com.br/ouvir_audios/180322122050BOL5_SERIE_AGUA_...

+ Saiba Mais

Comentários desta notícia

Publicidade