REVISTA TAE - Concessionária usa drone para melhorar projeto de rede de esgoto
Esta notícia já foi visualizada 1189 vezes.



Concessionária usa drone para melhorar projeto de rede de esgoto

Data:04/07/2019
Fonte: www.infraroi.com.br

Redação  

BRK Ambiental adota a tecnologia para modernizar os projetos de novas tubulações

A concessionária está usando os drones para aumentar a rapidez e eficiência dos projetos de modernização da rede de esgoto da cidade de Mauá, na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP). De acordo com a BRK Ambiental, é possível realizar o levantamento aéreo topográfico das áreas e elaborar uma planta georreferenciada, considerando todos os ângulos e limites do terreno.

“Em comparação ao método tradicional de avaliação, a opção é mais ágil e eficiente, pois permite cobrir áreas amplas e de difícil acesso, garantindo um nível de detalhamento altamente preciso, com melhores análises geotécnicas, mais atualizadas e com maior qualidade dos dados obtidos”, diz a concessionária em nota oficial.

Um exemplo é a rua Queiroz Pedroso (foto), onde o procedimento foi utilizado como parte do projeto de interligação das redes de esgoto do local e que a empresa prevê iniciar as obras o mais breve possível. Por se tratar de uma grande área coberta por vegetação nativa, com um solo arenoso, o levantamento aero topográfico permitiu preservar os recursos, a estabilidade geológica e a biodiversidade do terreno, além de proporcionar maior segurança às equipes, pois não foi necessário percorrer a área.

“A BRK Ambiental tem o compromisso de aprimorar as suas ações para garantir a qualidade dos serviços prestados em Mauá. Para isso, a empresa busca constantemente tecnologias inovadoras e equipamentos para ampliar os indicadores de cobertura do esgotamento sanitário”, Cleber Renato Virgínio da Silva, diretor de Contrato em Mauá.

Todos os trabalhos com drones são realizados com a autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que regulamenta a utilização dos equipamentos de forma segura no espaço aéreo.

Comentários desta notícia

Publicidade