REVISTA TAE - Serviços realizados pela Passarelli beneficiam mais de 1,7 milhão de pessoas na Grande São Paulo e interior do estado
Esta notícia já foi visualizada 1737 vezes.



Serviços realizados pela Passarelli beneficiam mais de 1,7 milhão de pessoas na Grande São Paulo e interior do estado

Data:05/07/2019
Fonte: Assessoria de Imprensa

Empresa é responsável por atendimento de emergência e manutenção das redes de água e esgoto e serviços de prevenção de vazamento, além dos investimentos feitos pela Sabesp devido ao crescimento vegetativo da população na área atendida

A Passarelli, uma das principais empresas de soluções de engenharia do País, vem realizando diversos serviços para a Sabesp que beneficiam a população da Grande São Paulo e de localidades do interior paulista, atuando na prevenção de vazamentos de água, no atendimento de ocorrências de manutenção e na instalação de novas redes de água e esgoto.

Ao longo dos dois últimos anos, a Passarelli também construiu mais de 130 mil km de novas redes de esgoto e mais de 86 mil km de redes de água. No mesmo período, realizou mais de 200 mil atendimentos, incluindo serviços de manutenção das redes de água e esgoto e novas ligações em 13 distritos da Região Metropolitana de São Paulo e municípios da região Bragantina, além de sete bairros da Zona Norte do município de São Paulo.

Os prazos de atendimento aos chamados também foram reduzidos, visando dar mais agilidade as demandas, o que representa não somente diminuição de tempo de espera, mas também menos água perdida. Na área de manutenção de vazamentos de ramal e da rede de água, por exemplo, os problemas têm que ser solucionados em até 24h após o registro da solicitação, o que, no passado recente, levava até 96 horas para atendimento. Já o prazo para execução dos serviços de novas ligações de água e esgoto caiu de 240 para 168 horas. 

Esses serviços de manutenção e o assentamento de novas redes de água e esgoto, contribuíram para melhorar a vida de mais de 1,7 milhão de pessoas, distribuídas em uma área de mais de 3.300 km2. “Por meio da nossa atuação, as tubulações antigas foram substituídas por novas, melhorando a qualidade do saneamento básico para a população. Também atuamos em prol do atendimento da demanda gerada pelo crescimento populacional e verticalização das cidades”, destaca Marcos de Andrade Almeida, gerente de contratos da Passarelli.

Dentre os desafios encontrados neste trabalho, destaca-se uma das obras mais importantes realizadas neste período pela Passarelli: o assentamento de redes de esgoto de 200 e 300 mm de diâmetro em um local de trânsito pesado em Pirituba, a Avenida Raimundo Pereira de Magalhães. “Essa obra é importante por sua complexidade, que envolveu aspectos técnicos como a presença de rochas no trajeto e uma atenção especial para os serviços de pavimentação, devido ao tráfego pesado na região”, esclarece Marcos.

Outro programa importante da Sabesp desenvolvido pela Passarelli é o de redução de perdas de água, que atua na prevenção de vazamentos e perdas dos sistemas de abastecimento, que deverá diminuir em muito os problemas de vazamentos com consequente perda de água em várias áreas do Bairro do Jaraguá.

A importância deste programa – composto por um conjunto de ações coordenadas que permitem o aprimoramento operacional do sistema, o aumento da eficiência financeira e a redução das perdas de água e dos impactos ao meio ambiente – pode ser dimensionada pela extensão atendida: são mais de 400 km de rede de água que abrange o atendimento a 85 mil ligações ativas, nos subdistritos de Paradas de Taipas, Jardim Damasceno, Vila Itaberaba, Jardim Paulistano, Jardim Rincão, Vila Nova Parada e Jardim Pirituba.

Uma das ações realizadas por este programa foi a implantação do Distrito de Medição e Controle (DMC), que possibilita fazer a gestão adequada das áreas de abastecimento e, consequentemente, a melhoria da gestão das perdas nas áreas operacionais do sistema de abastecimento. Através de um macromedidor é possível monitorar a vazão mínima noturna e detectar rapidamente alterações no padrão de consumo noturno da área, permitindo identificar novos vazamentos, corrigi-los de forma ágil e, consequentemente, evitar a perda de água.

Segundo Rodrigo Cigotti, gerente de contrato da Passarelli, quanto maior a eficiência do sistema, no sentido de redução de perdas, maior é o ganho para todos: o meio ambiente, o usuário final e mesmo a própria Sabesp. “As perdas de água no sistema acarretam transtornos para a população, interrompendo ou reduzindo o fluxo hídrico, e tirando a eficiência do abastecimento, daí a importância deste programa e da gestão adequada do sistema para os usuários”, destaca.

Comentários desta notícia

Publicidade