REVISTA TAE - ANA e CPRM capacitam técnicos em medição de vazão com método acústico doppler
Esta notícia já foi visualizada 876 vezes.



ANA e CPRM capacitam técnicos em medição de vazão com método acústico doppler

Data:22/07/2019
Fonte: Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) - Agência Nacional de Águas (ANA)

Raylton Alves e Cecília Gelenske - ASCOM/ANA

Entre 15 e 19 de julho, a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) realizaram o curso Medição de Vazão Utilizando ADCP, que integra as ações da Capacitação para a Rede Hidrometeorológica Nacional (RHN). Realizado na sede da ANA, em Brasília, e em atividades de campo, o curso teve o objetivo de transferir conhecimento e padronizar metodologias aos profissionais responsáveis pela implantação e manutenção da Rede Hidrometeorológica Nacional de Referência (RHNR), além da manutenção da RHN. 

Nesta terceira edição do curso, os instrutores da ANA e do CPRM ministraram as atividades juntamente com representantes do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS na sigla em inglês). Nas últimas duas edições da capacitação, as atividades foram realizadas pelos especialistas do USGS. 

A programação foi aberta com uma introdução sobre o tema do curso, antecedentes históricos e conceitos fundamentais. O primeiro dia teve, ainda, abordagens sobre o cálculo de descarga líquida pelos equipamentos que utilizam o método acústico doppler, boas práticas e procedimentos, além do procedimento de coleta de dados com a ferramenta WinRiver II. 

Para aperfeiçoar o uso do equipamento, no segundo dia aconteceu uma viagem a campo para os participantes poderem praticar os conhecimentos obtidos na teoria, o que incluiu uma abordagem sobre o uso do equipamento com GPS. Na quarta-feira, 17 de julho, houve uma revisão de dados coletados na saída a campo, usando dois tipos de software diferentes, o WinRiver II e RiverSurveyor Live (RSL). Também foi apresentada outra ferramenta: QRev. 

Na quinta-feira houve outra saída de campo para novas medições. No último dia de curso aconteceu uma análise sobre as medições coletadas em campo no dia anterior. Ainda nesta sexta, aconteceram apresentações sobre incertezas e avaliação das medições, procedimentos para análise das medições e outras aplicações possíveis com o uso de ADCP. 

Acordo com o USGS 

Este curso faz parte da contratação do USGS para capacitação técnica de profissionais brasileiros que atuem no planejamento e operação da Rede Hidrometeorológica Nacional, conforme o Memorando de Entendimento BR-20.0000 vigente até 2025. Assinada pela ANA, CPRM e USGS; a cooperação prevê intercâmbios de informação técnica, treinamentos e pesquisas. Além da área de recursos hídricos, a parceria engloba outros temas, como: variabilidade climática e mudanças no uso da terra; ecossistemas; e perigos naturais, avaliações de riscos e resiliência. 

Rede Hidrometeorológica Nacional 

A ANA monitora os rios do Brasil por meio da Rede Hidrometeorológica Nacional, que possui mais de 4,5 mil estações de monitoramento em todo o País. Há estações fluviométricas (para nível e vazão de rios), pluviométricas (chuvas), sedimentométricas (sedimentos), de qualidade da água, entre outras. Para visualizar as estações da RHN, acesse: http://portal1.snirh.gov.br/ana/apps/webappviewer/index.html?id=8e97da1658c54bdbb87b402343433dca. Para consultar dados telemétricos (em tempo real) da Rede, acesse http://www.snirh.gov.br/hidrotelemetria/Mapa.aspx ou baixe o aplicativo Hidroweb Mobile, disponível gratuitamente para dispositivos Android ou iOS.



Foto: Cecília Gelenske / Banco de Imagens ANA

Comentários desta notícia

Publicidade