REVISTA TAE - Grupo canadense compra a parte da Iguá Saneamento que pertencia à Galvão
Esta notícia já foi visualizada 1417 vezes.



Grupo canadense compra a parte da Iguá Saneamento que pertencia à Galvão

Data:23/07/2019
Fonte: www.infraroi.com.br

Redação 


O plano de reestruturação da Iguá Saneamento foi concluído neste mês, após dois anos de processo sob gestão da administradora IG4 Capital. A conclusão se deu com a compra, pelo grupo canadense Alberta Investment Management Corporation (AIMCo), de ações da Galvão Participações S.A leiloadas judicialmente no âmbito da recuperação judicial do Grupo Galvão.

Com a transação o Grupo Galvão deixa de ter qualquer participação, direta ou indireta, na Iguá Saneamento. O valor da venda deverá ser utilizado majoritariamente para a recuperação de créditos dos credores da Galvão. “Esse é um exemplo de sucesso, um dos primeiros casos após a crise em que o País entrou em que, por meio de mecanismos de mercado de capitais, uma concessionária de serviço público é completamente saneada financeira e operacionalmente sem a necessidade de qualquer intervenção estatal ou judicial. Nós assumimos uma companhia pré-falimentar, reestruturamos as dívidas em parceria com os principais bancos credores, mudamos a gestão com foco em eficiência operacional, conseguimos novos investidores e estamos executando o plano de investimentos e acelerando metas em benefício da população atendida pela Iguá”, diz Paulo Mattos, sócio da IG4 Capital.

A Galpar, holding do Grupo Galvão, era a acionista controladora da CAB Ambiental até a IG4 Capital assumir a sua gestão. Com a reestruturação da CAB e criação da Iguá, ela se tornou uma cotista passiva, e sem qualquer poder de controle, do FIP Iguá, com uma participação indireta de aproximadamente 20% do capital total da Companhia. Como resultado da recente transação, a AIMCo aumentou sua participação indireta na Iguá Saneamento para 49,24%, por meio de aportes tanto no FIP Iguá quanto no FIP Mayim, juntos com quase 90% do capital da Companhia.

O capital da AIMCo em ambos os FIPs, bem como de outros investidores detentores de cotas, segue sendo administrado pela IG4 Capital como parte do IG4 Capital Private Equity Fund I.

Em outubro de 2018, a AIMCo já havia realizado um aporte primário de cerca de R$ 350 milhões, de um total de R$ 400 milhões de aumento de capital, nos FIPs Iguá e Mayim. Com a capitalização, os dois FIPs sob gestão da IG4 Capital passaram a ter mais de R$ 1.1 bilhão de ativos.

Mais recentemente, em maio de 2019, a Iguá Saneamento obteve R$ 120 milhões via emissão de debêntures junto ao Banco Votorantim S.A. e a XP Investimentos, e, adicionalmente, voltou a operar com o BNDES, tendo sido desembolsados R$ 100 milhões em julho de 2019.

O aporte do fundo de pensão canadense, em 2018, foi 100% para o caixa da Companhia e utilizados para antecipar investimentos já mapeados nas concessões da Iguá Saneamento. A empresa reúne, hoje, 18 operações em 25 municípios de cinco estados brasileiros. No total, atende direta ou indiretamente 6,6 milhões de pessoas.

Comentários desta notícia

Publicidade