REVISTA TAE - Honglin Li projeta arranha-céu abastecido por energia gerada com lixo oceânico
Esta notícia já foi visualizada 792 vezes.



Honglin Li projeta arranha-céu abastecido por energia gerada com lixo oceânico

Data:06/08/2019
Fonte: Www.archdaily.com.br



O arquiteto Honglin Li criou uma proposta para um arranha-céu com energia gerada a partir do lixo oceânico. Chamado de FILTRATION, o projeto foi premiado com Menção Honrosa no concurso 2019 eVolo Skyscraper. A megaestrutura modular pré-fabricada contém várias Instalações de recuperação de materiais e estações de tratamento de água para reciclar o lixo flutuante e limpar a água do mar enquanto enfrenta a crise energética mundial.
A "Grande Porção de Lixo do Pacífico" é um acúmulos de detritos marinhos no Oceano Pacífico Norte que abrange a costa oeste da América do Norte até o Japão. Seu tamanho é estimado em 8,1% do Oceano Pacífico, duas vezes o tamanho do Texas e três vezes o tamanho da Califórnia, a camada de lixo na área tem em média 30 metros de espessura. A "Grande Porção de Lixo do Pacífico" não é a única; enquanto o Atlântico e o Oceano Índico possuem outros vórtices de lixo, ela é maior. Além disso, rotas marítimas em corpos d´água menores, como o Mar do Norte, também estão desenvolvendo manchas de lixo.
Como descreve Honglin, ao contrário das instalações convencionais de recuperação de materiais que dependem principalmente da gravidade e usam transportadores para classificação e distribuição do lixo, FILTRATION usa água do mar para bombear lixo e água poluída até o topo do prédio, depois filtra água e material reciclável até o fundo. Eventualmente, material não reciclado e material reciclado serão transportados pela energia das marés. A estrutura principal - o núcleo, permite que uma gama flexível e inclusiva de instalações seja anexada. Tais instalações vão desde equipamentos de reciclagem de plástico até usinas de energia a partir resíduos, que podem ser acomodadas verticalmente em quatro lados como espaços idealizados e eficientes nas fundações da torre. A maioria das instalações é composta por peças modulares que podem ser substituídas conforme as necessidades.
FILTRATION  foi feito para fornecer uma solução sustentável e regenerativa para os resíduos oceânicos flutuantes, bem como uma segunda chance para reconstruir a relação entre a natureza e os seres humanos.
Eric Baldwin

Comentários desta notícia

Publicidade