REVISTA TAE - Análises do ITPS auxiliam indústrias no tratamento de efluentes em Sergipe
Esta notícia já foi visualizada 521 vezes.



Análises do ITPS auxiliam indústrias no tratamento de efluentes em Sergipe

Data:15/08/2019
Fonte: https://www.tratamentodeagua.com.br/industrias-tratamento-efluentes/

Equipe conta com equipamentos de grande porte para atender à demanda de indústrias

O tratamento dos efluentes oriundos dos processos produtivos é um dos pré-requisitos para a regularização das indústrias em todo o país. No caso de Sergipe, o parque industrial conta com suporte do Governo do Estado, que por meio do Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), oferta análises necessárias ao tratamento correto dos efluentes industriais para que sejam lançados no meio ambiente.

A coordenadora do Laboratório de Química de Água (LQA) do ITPS, Cláudia Xavier, explica que os efluentes industriais somente podem ser lançados à natureza depois de analisados e tratados corretamente. “As indústrias são obrigadas a tratar seus efluentes para atender às normas ambientais do Conama/Ministério do Meio Ambiente e aos órgãos de fiscalização ambiental estadual/municipal. O grande objetivo é evitar o lançamento de efluentes não tratados, pois estes poluem o corpo hídrico, causam assoreamento, diminuição da vazão e da mata ciliar, e ainda trazem riscos à balneabilidade e à saúde humana”, detalha.

Laboratório de Química de Água (LQA)

O Laboratório de Química de Água (LQA) do ITPS é quem atende a demanda das indústrias de Sergipe interessadas em cumprir as normas ambientais e evitar o lançamento de resíduos prejudiciais à natureza.

“O ITPS, que é um dos pioneiros em Sergipe na oferta deste tipo de análise, atende atualmente a maior parte das indústrias instaladas no Estado, sendo um grande instrumento para o desenvolvimento sustentável em nossa região”, comenta Cláudia Xavier.

O diretor-presidente do ITPS, Kaká Andrade, destaca que as análises ofertadas pelo ITPS são de alta confiabilidade e têm reconhecimento internacional. “O Laboratório de Química de Água do ITPS é acreditado pelo Inmetro na norma ISO 17025, que é um reconhecimento formal de sua competência técnica com validade internacional. Além disso, o laboratório conta com equipamentos modernos e mantém um histórico de excelente desempenho nos programas de proficiência do Instituto Kekulé, da Rede Metrológica do Rio Grande do Sul, e do Senai/Lanae de Santa Catarina, o que aponta o alto nível de confiabilidade de suas análises e laudos”, detalha.

Indústrias

A Duas Rodas Nordeste Indústria de Alimentos, localizada em Estância, está entre as indústrias que enviam amostras de seus efluentes para análises no ITPS. A indústria possui uma estação, que é responsável pelo tratamento de todos os resíduos líquidos gerados pelas áreas produtivas e de apoio. De acordo com o gerente da indústria, Anderson Gomes de Oliveira, após tratamento e análise, o efluente pode ser utilizado na irrigação. “Para certificar que o processo reduz a carga orgânica e demais itens importantes para a qualidade do efluente tratado, temos como parceiro o ITPS, que realiza quinzenalmente as análises de amostras do nosso efluente, comprovando a eficácia do tratamento”, declara.

Na Companhia Industrial de Celulose e Papel (CICP), os técnicos do ITPS fazem a coleta e as análises de efluentes mensalmente, auxiliando a indústria na otimização do seu processo de produção e na preservação do meio ambiente. “Os técnicos comparecem a empresa, coletam as amostras, realizam os exames pertinentes e nos enviam.

Os parâmetros obtidos implicam no controle e redução de custos, otimizando o processo de produção. Ademais, as análises provenientes do efluente auxiliam para a obediência dos valores máximos permitidos na Resolução CONAMA 357/2005, estabelecendo, portanto, as condições e padrões de lançamento do efluente industrial descartado”, explica o gerente de produção Flávio Barbosa.

Fonte: ITPS.

Comentários desta notícia

Publicidade