REVISTA TAE - Copasa, município e comunidade de Turmalina assinam Pacto das Águas
Esta notícia já foi visualizada 233 vezes.



Copasa, município e comunidade de Turmalina assinam Pacto das Águas

Data:10/10/2019
Fonte: Copasa

Documento confirma compromisso para preservação da microbacia da comunidade do Barreiro
 

Moradores de Turmalina, no Alto Jequitinhonha, juntamente com a Copasa e representantes do poder público municipal, assinaram, na última quinta-feira (3/10), o Pacto das Águas. Pelo documento, serão desenvolvidas, por meio do Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia) formado por representantes da comunidade e de outros setores, ações para a preservação e proteção da microbacia da comunidade do Barreiro, manancial utilizado para o abastecimento de quase 20 mil habitantes.

 

A solenidade de assinatura do documento aconteceu na sede da Prefeitura e contou com a presença de lideranças municipais, de representantes da Copasa e de estudantes. “Durante o evento foi possível perceber o engajamento das comunidades locais, das instituições parceiras e dos produtores rurais. É justamente sobre esse público que repousam grande parte dos nossos sonhos, para a transformação da realidade das nossas microbacias”, conta Charles Alves, do Setor de Ação Socioambiental (SAS) da Copasa, em Diamantina.

 

Entre as ações, estão previstas a realização de cercamento de nascentes, construção de barraginhas, conservação e manutenção de estradas e o plantio de mudas de árvores da mata ciliar, para preservação da disponibilidade hídrica da microbacia e para a proteção da área.

 

Pró-Mananciais: cuidando das águas do Alto Jequitinhonha

 

Implantado pela Copasa em 2017, o Pró-Mananciais atua na mobilização da comunidade e de instituições parceiras, com o objetivo de construir coletivamente o sentimento de pertencimento da população à micro bacia da sua região.

 

No Alto Jequitinhonha o programa já está sendo desenvolvido em três municípios – Capelinha, Minas Novas e Turmalina. Em cada um deles foi criado um Colmeia, formado por representantes de instituições locais, poder público e sociedade civil, para planejar e desenvolver, em conjunto, as ações de preservação dos recursos hídricos utilizados para abastecimento público.

Comentários desta notícia

Publicidade