REVISTA TAE - Programas de gestão ambiental da SIMA são premiados no encontro de usuários ESRI Brasil 2019
Esta notícia já foi visualizada 288 vezes.



Programas de gestão ambiental da SIMA são premiados no encontro de usuários ESRI Brasil 2019

Data:17/10/2019
Fonte: www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br

Sistemas aplicados nas áreas de meio ambiente, infraestrutura e monitoramento utilizam a plataforma ArcGIS

A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) recebeu, nesta quinta-feira (17), o Prêmio de Excelência no Uso da Plataforma ArcGIS na Transformação Digital. A premiação ocorreu durante o Encontro de Usuários Esri Brasil 2019, evento promovido pela Imagem – distribuidora oficial da empresa norte-americana Esri no Brasil para a troca de informações e experiências entre usuários brasileiros do Sistema de Informações Geográficas mais utilizado no mundo.

Em meio a mais de 50 trabalhos inscritos na premiação, dois projetos da SIMA se destacaram. O primeiro é o Sistema de Proteção Ambiental Integrada Geoespacial (SIPAIGeo), uma interface geoespacial vinculada ao Sistema Integrado de Gestão Ambiental (SIGAM) que organiza o registro e as informações relativas às ocorrências e fiscalizações realizadas no âmbito das áreas protegidas e em todo território do Estado em prol da proteção da biodiversidade. O segundo, é o SIGAMGEO, que consiste na Gestão Espacial das informações do SIGAM. O sistema conta com informações relacionadas ao licenciamento, fiscalização e biodiversidade. Com a reestruturação da Secretaria e incorporação de novos temas, a aplicação será expandida para outras áreas como barragens, mineração e energia eletrica. Também foram premiados projetos apresentados pela Prefeitura de Maricá – RJ (Codemar) e pela Fundação Renova, com sede em Belo Horizonte.

“Todos os dados gerados pelos estudos e projetos da SIMA como: Qualidade do Ar, Emergência Química, Novo Rio Pinheiros, Operação Caipora, Operação Corta-Fogo, Conexão Mata Atlântica, Mapeamento e outros, são condensados na elaboração por exemplo do Zoneamento Ecológico e Econômico do Estado de São Paulo. Informações precisas em tempo real que nos auxiliam na tomada de decisão”, comentou o secretário Marcos Penido.

A tecnologia GIS tem a capacidade de adicionar aos dados camadas de inteligência visual, traduzido em mapas, auxiliando na tomada de decisões estratégicas, controle de situações cruciais, gestão de ativos e processos, planejamentos, qualidade em atendimento, otimização de tempo, ganho de produtividade e redução de custos operacionais, além de análises preditivas e ações em tempo real.

“Quero dividir essa premiação com toda a equipe técnica da SIMA que com empenho e dedicação trabalha para a preservação do meio ambiente em São Paulo”, concluiu Penido.

Comentários desta notícia

Publicidade