REVISTA TAE - Agência dialoga com comitês de bacia durante encontro nacional em Foz do Iguaçu (PR)
Esta notícia já foi visualizada 413 vezes.



Agência dialoga com comitês de bacia durante encontro nacional em Foz do Iguaçu (PR)

Data:22/10/2019
Fonte: Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) Agência Nacional de Águas (ANA)

Conhecida mundialmente por causa das Cataratas do Iguaçu, uma das Sete Maravilhas da Natureza, a cidade de Foz do Iguaçu (PR) será o centro das discussões sobre questões que envolvem comitês de bacias hidrográficas (CBHs) de todo o País nesta semana. Entre 21 e 25 de outubro, a cidade paranaense sedia o 21º Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (ENCOB), cujo tema é #FalaComitê. A Agência Nacional de Águas (ANA) patrocina o evento e participa de uma série de debates relacionados aos comitês.

Nesta segunda-feira, 21 de outubro, das 9h às 12h e das 14h às 17h, a ANA apresenta quatro oficinas e tem representantes em outras duas. O especialista em geoprocessamento Agustin Trigo aborda os instrumentos de informação no contexto do Programa Nacional de Fortalecimento dos Comitês de Bacias Hidrográficas (PROCOMITÊS), enquanto o coordenador de Sustentabilidade Financeira e Cobrança da ANA, Giordano de Carvalho falará sobre a implementação da cobrança pelo uso de recursos hídricos.

Os servidores Gonzalo Fernández, Marcelo Mazzola, Carolina Arantes e Luciana Zago apresentam oficina sobre estratégias e ferramentas para apoio à implementação de planos de recursos hídricos pelos comitês. Já o coordenador de Implementação de Projetos Indutores da ANA, Devanir dos Santos, aborda o Programa Produtor de Água como modelo para revitalização de bacias hidrográficas.

Luís Mello e Renata Maranhão, especialistas em recursos hídricos da ANA, participam de oficina sobre o papel da educação ambiental e da capacitação na gestão de recursos hídricos juntamente com a Coordenadora da secretaria executiva da Articulação Nacional de Políticas Públicas de Educação Ambiental (ANPPEA), Maria Henriqueta Raymundo.

A Agência também está presente na oficina Encontro “Mulheres das Águas” – Fortalecendo o Papel das Mulheres nos Comitês de Bacias Hidrográficas, que é coordenada pela secretária executiva da Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas (REBOB), Suraya Modaelli. A servidora da ANA Consuelo Marra discute o tema com Vera Lúcia Guarda, da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP); Jacqueline Aguiar, da Rede Brasileira de Educação Ambiental (REBEA); e Fernanda Matos, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Das 9h às 12h desta segunda-feira, 21, o superintendente de Regulação da ANA, Rodrigo Flecha, participa do Workshop Segurança de Barragens, cuja moderação é realizada pela diretora geral do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM), Marília Melo. Também participam do debate o coordenador do Fórum Mineiro de Comitês de Bacias Hidrográficas (FMCBH), Marcus Polignano; o coordenador da Comissão Externa de Brumadinho na Câmara dos Deputados, o deputado federal Zé Silva; e o diretor da Agência Nacional de Mineração (ANM) Victor Froner.

A partir das 20h desta segunda-feira, no Auditório do Rafain Hotel & Convention, a diretora-presidente da ANA, Christianne Dias, e o diretor Ricardo Andrade participam da solenidade de abertura do ENCOB juntamente com outras autoridades.

Nesta terça-feira, 22 de outubro, o superintendente de Planejamento de Recursos Hídricos da ANA, Sérgio Ayrimoraes, participará da Mesa de Diálogo Segurança Hídrica, que terá como coordenador o presidente da REBOB, Lupércio Ziroldo. Também discutem o tema o promotor Carlos Varella, do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) em Uberaba; o superintendente de Recursos Hídricos do Estado de Sergipe, Ailton Rocha; o presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó-Piranhas-Açu, Paulo Varella; e o diretor de Recursos Hídricos e Revitalização de Bacias Hidrográficas do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Renato Ferreira.

Em 23 de outubro, das 9h às 12h, a ANA e o MDR apresentarão oficina específica sobre o Plano Nacional de Recursos Hídricos. Ainda na quarta-feira, a partir das 14h, a Agência fará apresentação na mesa sobre implementação, eficácia e monitoramento de instrumentos de gestão pelos comitês de bacias. Neste espaço que terá apresentações de comitês das cinco regiões brasileiras, a ANA e o MDR abordarão mais uma vez o Plano Nacional de Recursos Hídricos.

O 21º ENCOB é realizado pelo Fórum Nacional de Comitês de Bacia Hidrográfica juntamente com o Instituto das Águas do Paraná (ÁguasParaná).

Comitês de bacias

Os comitês de bacias hidrográficas são entes do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH) e funcionam como verdadeiros “parlamentos das Águas”. Nestes colegiados, representantes da comunidade de uma bacia hidrográfica, do Poder Público e de setores usuários de água discutem e deliberam sobre a gestão dos recursos hídricos de uma ou várias bacias de forma participativa e descentralizada.

Existem mais de 230 comitês de bacias em funcionamento no País, sendo que em rios de domínio da União existem dez colegiados nas seguintes bacias hidrográficas: Doce; Grande; Paraíba do Sul; Paranaíba; Paranapanema; Parnaíba; Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ); Piranhas-Açu; São Francisco; Verde Grande.





Zig Koch/Banco de Imagens ANA
Cataratas do Iguaçu
 

Comentários desta notícia

Publicidade