REVISTA TAE - Museu do Saneamento alcança marca histórica de três mil visitantes
Esta notícia já foi visualizada 295 vezes.



Museu do Saneamento alcança marca histórica de três mil visitantes

Data:25/10/2019
Fonte: Sanepar

Recorde foi alcançado em outubro com a visita de alunos do Colégio Marista Sagrado Coração de Jesus, de Araucária

O Museu do Saneamento em Curitiba, mantido pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), registrou em outubro a marca histórica de três mil visitantes neste ano. Os alunos do 6º. ano do Colégio Marista Sagrado Coração de Jesus, de Araucária, foram os que marcaram o registro recorde de visitantes. As visitas ao Museu têm crescido nos últimos anos. Entre 2015 e 2017, a média anual de visitantes foi de 1.000 pessoas. E em 2018 foram mais de duas mil e cem pessoas que conheceram a história do saneamento no Paraná.

O Museu desenvolve um programa de visitação para os mais variados públicos, mas cerca de 75% dos visitantes são estudantes dos ensinos fundamental e médio. Além de conhecer a primeira estação de tratamento de água de Curitiba, as pessoas que visitam o museu participam de atividades lúdicas e ações educativas.

De acordo com o coordenador de Patrimônio Histórico da Sanepar, Junio Ferreira Lima, o número recorde de visitantes neste ano faz parte da estratégia da Sanepar de ampliar os dias de visitação. “Com o atendimento estendido, mais pessoas puderam conhecer a história do saneamento e participar das atividades realizadas no espaço”, diz. Atualmente, o museu abre de terça-feira a domingo, das 8h30 às 17h30.

O QUE VER NO MUSEU - A visita ao Museu do Saneamento é uma viagem histórica para compreender os sistemas de água e de esgotamento sanitário existentes hoje, a partir de dados que remontam o início do século XX.

O Museu fica no prédio da primeira grande Estação de Tratamento de Água (ETA) Tarumã, inaugurada em 1945 e agora desativada. O prédio abriga, de um lado, o Museu do Saneamento, e de outro, o Centro de Tecnologias Sustentáveis da Sanepar, onde trabalham os pesquisadores da empresa.

Trata-se de um dos poucos remanescentes da arquitetura “Art Déco” em Curitiba. No mesmo espaço, ainda estão preservadas antigas residências que eram utilizadas pelos operadores da ETA Tarumã.

Na sala principal está aberta a exposição “Dos Olhos d´água à Sanepar”, com objetos e painéis de textos e fotos que tratam da evolução do setor do saneamento no Estado. “Na visita, vale observar a moto vespa “L 19”, utilizada pelas equipes em atividades de campo”, comenta Junio.

Em uma área construída de cerca de 5 mil m², o Museu abriga ainda as salas de exposições de curta e longa duração, reserva técnica, laboratório de conservação, auditório com capacidade para 168 pessoas e estacionamento. No acervo, há equipamentos, objetos, mobiliários, vestuários, documentos, veículos de transporte, fotografias, audiovisuais, mapas, plantas e projetos de engenharia. Boa parte já está catalogada em meio digital e disponível para consulta no local, de forma a incentivar a pesquisa e a produção de conhecimento na área.

Serviço

Museu do Saneamento

Endereço: Rua Engenheiro Antônio Batista Ribas, 151, bairro Tarumã, em Curitiba

Horário de atendimento: de terça-feira a domingo, das 8h30 às 17h30

Comentários desta notícia

Publicidade