REVISTA TAE - Fórum Diretivo pretende implantar plano de ações e integrar corpo gerencial
Esta notícia já foi visualizada 335 vezes.



Fórum Diretivo pretende implantar plano de ações e integrar corpo gerencial

Data:29/10/2019
Fonte: Companhia de Saneamento de Sergipe – Deso

Com o objetivo de garantir a paridade institucional, a transparência e participação efetiva das unidades gestoras da Diretoria de Operação e Manutenção – DOM, da Companhia de Saneamento de Sergipe – Deso, em todas as esferas estratégicas que implicam em otimização dos resultados institucionais, foi implantado nesta segunda-feira, 28, no auditório central, o Fórum Diretivo da Diretoria de Operação e Manutenção. Com a presença do diretor-presidente da Deso, Carlos Melo e Carlos Anderson, diretor de Operação e Manutenção e vários gestores da empresa,  foi discutida acerca da governança corporativa dos processos operacionais e de manutenção da empresa, com o intuito de municiar a diretoria com estudos técnicos, para respaldar as tomadas de decisões e apoiar as oportunidades de melhorias.  


Para o diretor-presidente da Deso, Carlos Melo, o Fórum Diretivo reúne os gerentes para a busca de resultados positivos. "Uma gestão precisa ter indicadores, metas e resultados. Estamos em busca de resultados para que tenhamos uma empresa sólida e estruturada, com capacidade para prestação de serviço de qualidade para toda a sociedade. Nesse sentido, estamos a nível de diretorias, discutindo para que possamos identificar os planos de ações necessários e o Fórum Diretivo é de suma importância para isso, para que os gerentes estejam envolvidos nesse processo e consigamos que todas as diretorias tenham engajamento com todo corpo gerencial e operacional e possamos alcançar esses resultados", disse.


O presidente ressalta que a meta é a universalização dos serviços. " A presidência estará à frente desse processo, cobrando para que possamos alcançar resultados positivos. A sociedade está satisfeita com os serviços prestados pela Companhia, e, temos uma visão de futuro, uma meta, que é a universalização dos serviços, principalmente do esgotamento sanitário, uma vez que o abastecimento de água já possuí uma cobertura muito boa em nosso Estado. Além disso, o acionista majoritário, que é o governo do Estado, também precisa estar satisfeito com os serviços prestados pela empresa. Esses pilares são importantes, portanto, que possamos trazer motivação para o corpo técnico operacional, ou seja, todos os funcionários engajados e motivados para que coloquemos em prática todos os objetivos", disse Carlos Melo.


De acordo com Ana Cláudia Monteiro, assessora Técnica de Operação e Manutenção, a reunião de instalação do Fórum Diretivo da  DOM tem como objetivo principal, integrar todo corpo gerencial, desde o assessor, superintendentes e gerentes das unidades, e inicialmente para levantar um diagnóstico da realidade da empresa e a partir daí, traçar planos de ações compatíveis as metas estabelecidas no planejamento estratégico. "Vamos alinhar o orçamento, as necessidades de investimento e manutenção. Atualmente é necessário atentar para esses indicadores, pois a dinâmica do saneamento no mundo mudou, e no Brasil com uma velocidade avassaladora e percebemos que em Sergipe ainda apresenta um “delay” em relação a essas informações. Então a importância desse Fórum é não somente sensibilizar gestores para a importância da padronização de informações, mas até mesmo, a padronização dos procedimentos", disse.  


A assessora avalia a importância da reunião, diante do aval do presidente e diretor da área, fazendo com que o trabalho apresente resultados. "Mais de 80% dos gerentes estiveram presentes. A participação e entusiasmo do presidente em colocar a importância desse Fórum, reforça a necessidade de todos abraçarem a situação e tirar do gerente, a condição de executor e passar de fato a gerenciar as unidades", finalizou.

Comentários desta notícia

Publicidade