REVISTA TAE - Referência nacional, Agência das Bacias PCJ completa 10 anos
Esta notícia já foi visualizada 197 vezes.



Referência nacional, Agência das Bacias PCJ completa 10 anos

Data:31/10/2019
Fonte: Agência das Bacias PCJ

Junto com os Comitês PCJ, entidade investiu mais de R$ 600 milhões em 728 projetos
Responsável por gerenciar o capital arrecadado com a cobrança pelo uso dos recursos hídricos, a Fundação Agência das Bacias PCJ completa, no próximo dia 5 de novembro, 10 anos de atuação. Data que é comemorada pela entidade não apenas pelos avanços em ações direcionadas ao saneamento básico, mas também pela conquista da sede própria.

A Agência das Bacias PCJ, junto com os Comitês PCJ, investiu mais de R$ 600 milhões em 728 projetos em diferentes áreas, como coleta e tratamento de esgoto, combate à perda de água, reflorestamento, entre outros.

Entre os resultados do trabalho, destaque para a evolução da coleta do esgoto, que passou de 3% na década de 90 para 90% atualmente, assim como para o tratamento de esgoto que hoje é de 75% nas Bacias PCJ. Em 2012, o índice era de 59%.

Além disso, a Agência das Bacias PCJ e os Comitês PCJ foram responsáveis por parte dos estudos, projetos e investimentos que contribuíram para que parte do Rio Jundiaí fosse reclassificado. Foram mais de três décadas de trabalho de despoluição e o rio deixou a classe 4 (quando é permitido somente o uso para navegação e usos menos exigentes) e passou a ocupar a classe 3, em que as águas podem ser destinadas ao abastecimento doméstico, após tratamento convencional.
Atualmente, mais de 200 mil moradores são abastecidos com a água do Jundiaí. 

Sede
Por meio de um Projeto de Lei de autoria do prefeito de Piracicaba, Barjas Negri, aprovado na Câmara de Vereadores em setembro deste ano, a administração municipal doou um terreno localizado no Parque Tecnológico, no bairro Santa Rosa, para a construção da sede da Agência das Bacias PCJ. 

Atualmente, a instituição funciona em 13 salas alugadas – distribuídas em quatro andares – no Edifício Racz Center. “Com a construção da sede própria poderemos atender melhor a todos, bem como os nossos colaboradores terão melhores condições de trabalho”, afirma o diretor-presidente da Agência das Bacias PCJ, Sergio Razera.

O prédio será construído com recursos próprios provenientes do fundo patrimonial da entidade – responde ao superávit anual da cobrança pelo uso dos recursos hídricos. 

Constituída em 2009, a Agência é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos. As deliberações das ações a serem realizadas pela Agência das Bacias PCJ são feitas pelos Comitês PCJ, que trabalham em uma área composta por 76 municípios, com aproximadamente 5,7 milhões de habitantes. 

Equipe
O trabalho da instituição é coordenado pelo diretor-presidente Sérgio Razera, pela diretora técnica Patrícia Barufaldi e pelo diretor administrativo e financeiro Ivens de Oliveira. Reconduzidos aos cargos para o período de 2019/2021, os profissionais administram um quadro de colaboradores formado por 60 profissionais – entre contratados, terceirizados e estagiários – que desenvolvem atividades em diferentes frentes relacionadas à gestão de recursos hídricos.



Comentários desta notícia

Publicidade