REVISTA TAE - Criação de Academia é aprovada em Assembleia Ordinária da ARES-PCJ
Esta notícia já foi visualizada 363 vezes.



Criação de Academia é aprovada em Assembleia Ordinária da ARES-PCJ

Data:01/11/2019
Fonte: www.arespcj.com.br

Ares PCJ

A 17ª Assembleia Geral Ordinária da Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (ARES-PCJ) homologou, na última quinta-feira (31), a criação da Academia ARES-PCJ. Trata-se de órgão sem personalidade jurídica vinculado à Diretoria Executiva com o objetivo organizar, promover e realizar cursos, capacitações, treinamentos, qualificações e eventos técnicos, gratuitamente, para colaboradores de municípios associados, prestadores de serviço regulados e colaboradores da ARES-PCJ.
 
Realizado na sede da ARES-PCJ em Americana, a Assembleia foi conduzida pelo presidente da Agência Reguladora, Jaime Cruz, prefeito da cidade de Vinhedo, e reuniu mais de 70 pessoas entre prefeitos, vice-prefeitos, representantes dos municípios associados e convidados. 
 
Sobre a criação da Academia, o diretor geral da ARES-PCJ, Dalto Favero Brochi, explicou que a Agência Reguladora já realiza anualmente uma série de eventos, cursos e capacitações voltados ao aprimoramento e aperfeiçoamento técnico-profissional. “Em face das demandas existentes, concluímos ser importante o incremento e organização dessas atividades e ações relacionadas à melhoria da eficiência da prestação dos serviços de saneamento básico. Para isso propusemos a criação da Academia ARES-PCJ”, justificou.
 
Além da Academia, a 17ª Assembleia Geral Ordinária homologou a formação de um Grupo de Trabalho para discutir e encaminhar a proposta de criação de um fundo de Apoio à Eficiência no Setor de Saneamento. Os recursos do fundo, oriundos de superávits, seriam disponibilizados aos municípios associados para uso exclusivo no saneamento, como realização de estudos e intervenções com vistas ao aumento da eficiência e da qualidade dos serviços.
 
Também foram aprovados por unanimidade na Assembleia Ordinária o orçamento da ARES-PCJ para o exercício 2020, a taxa de regulação e o programa anual de trabalho. Houve ainda a homologação de reajuste de salários e benefícios sociais e econômicos dos colaboradores da Agência Reguladora PCJ e a recondução, por unanimidade, de Dalto Favero Brochi como Diretor Geral da ARES-PCJ para o período de 01/01/2020 a 31/12/2021.
 

Comentários desta notícia

Publicidade