REVISTA TAE - Em Ponta Porã, Sanesul executa R$25,4 milhões em obras de saneamento
Esta notícia já foi visualizada 128 vezes.



Em Ponta Porã, Sanesul executa R$25,4 milhões em obras de saneamento

Data:07/11/2019

Em Ponta Porã, a Sanesul está investindo R$ 25,4 milhões de recursos próprios em obras de saneamento.

Entre elas, a perfuração de um poço tubular profundo, o PNP-037 (do Sistema Centro); a construção de dois reservatórios apoiados de concreto armado com capacidade 1.000m³ cada (do Sistema Marambaia e Sistema Centro); dois abrigos de cloração (Sistema Marambaia e Sistema Centro); uma elevatória (Sistema Centro) e uma ampliação da rede de distribuição de água para atender novos bairros.

Também será feita a ativação do sistema de captação do poço tubular profundo especial PNP-034 (do Sistema Marambaia).

Abastecimento de água em Ponta Porã – a empresa mantém 20 poços e 12 reservatórios (elevados e apoiados que juntos reservam 5.020 m³ de água) que garantem de forma segura e eficiente o abastecimento de todo o município.

Para controle dos padrões de potabilidade, a Sanesul Unidade Ponta Porã possui profissionais capacitados e o laboratório local, que faz a análise diária da água, além de contar com o laboratório central de Campo Grande.

Sistema de Esgotamento Sanitário - Atualmente, a Sanesul executa uma ampliação de 72 km de rede coletora de esgoto e mais 3.833 ligações domiciliares, com recursos do programa Avançar Cidades.

Ponta Porã conta com duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs): a Estoril, localizada no bairro Jardim Estoril, com capacidade de tratar 80 litros por segundo; e a São Thomaz, localizada no Anel Viário, com capacidade de tratar 40 litros por segundo.

As duas estações recebem o esgoto coletado para ser devidamente tratado conforme a legislação vigente.

Cobertura da Sanesul em Ponta Porã - O sistema de abastecimento de água está disponível para toda a população urbana. Atualmente, o sistema de esgotamento sanitário tem cobertura de 85% da população urbana.

“Ponta Porã é uma cidade com bons índices de saneamento. Agora, estamos ampliando o acesso da população aos serviços de coleta e tratamento de esgoto na área urbana do município. Vamos aumentar essa cobertura de esgoto ainda mais. Em breve, o município será referência em Mato Grosso do Sul”, comentou o diretor –presidente da Sanesul Walter Carneiro Junior.

INVESTIMENTO

Na atual gestão do Governo do Estado, são R$ 77 milhões de reais (R$ 51,4 milhões são de recursos próprios da SANESUL) integralmente aplicados nos dois sistemas (água e esgoto).

Isso significa mais água de qualidade com a perfuração de poços e a construção de reservatórios. E, com duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) e a expansão da rede coletora, mais saúde e qualidade de vida.


Comentários desta notícia

Publicidade