REVISTA TAE - Mais rapidez à execução de obras de água e esgoto no município de SP
Esta notícia já foi visualizada 265 vezes.



Mais rapidez à execução de obras de água e esgoto no município de SP

Data:09/01/2020
Fonte: Sabesp

A Sabesp e a Prefeitura de São Paulo assinaram nesta quinta-feira (9/1) um termo de cooperação para dar mais rapidez à execução de obras de água e esgoto no município e para aprimorar a reposição do asfalto nas vias que recebem esses trabalhos. O acordo prevê o aperfeiçoamento da recomposição do pavimento de ruas e avenidas e a compatibilização do cronograma de obras da Companhia e de outras concessionárias que executam serviços em vias da cidade, além da própria administração municipal.

Para melhorar o atendimento à população na distribuição de água e na coleta de esgoto, a Sabesp precisa fazer intervenções nas vias públicas, com a abertura de valas e assentamento de tubulações. O termo de cooperação vai diminuir o transtorno que os serviços causam a pedestres e motoristas, ao agilizar a autorização da Prefeitura para início dos trabalhos e, sempre que possível, casar a agenda de serviços de outras concessionárias e das subprefeituras.

A Prefeitura vai informar à Sabesp, com seis meses de antecedência, a relação das vias incluídas no programa de pavimentação e reposição asfáltica. O objetivo é permitir que a Companhia agende serviços em redes de água e esgoto antes dos trabalhos de asfaltamento e recapeamento, evitando a abertura de valas na rua que acaba de receber novo pavimento. A administração municipal também vai passar à Sabesp, com quatro meses de antecedência, a lista de vias que receberão intervenções de outras concessionárias, abrindo a possibilidade de agendamento de obras no mesmo período em que a rua estará interditada total ou parcialmente.

“Hoje, a pavimentação é uma questão chave. Já universalizamos a água e estamos trabalhando fortemente na redução de perdas e universalização do esgoto. Isso envolve trabalhos na malha viária da cidade. Esse termo de cooperação permite um trabalho integrado da Prefeitura com a Sabesp na questão da pavimentação. A sociedade exige um trabalho rápido e bem feito e a Sabesp vai trabalhar firme com seu maior e melhor cliente, a Prefeitura de São Paulo, para isso. Quem se beneficia é a população de São Paulo”, disse o presidente da Sabesp, Benedito Braga.

Com este termo de cooperação, a Sabesp garante a qualidade do asfalto conforme as novas diretrizes da Prefeitura no que diz respeito à recomposição asfáltica dos serviços executados pela Companhia. Outro avanço será no recapeamento onde se verificarem problemas de responsabilidade da Sabesp.

O secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, destacou a importância do termo de cooperação. “Esse é um compromisso da Prefeitura de São Paulo e do Governo do Estado, por meio da Sabesp, para garantir a qualidade do serviço. Queremos garantir não só a qualidade da tubulação, como da recomposição do asfalto. Com todas as informações e com a melhoria da qualidade de produção da massa de asfalto e o acompanhamento desse trabalho, vamos garantir agilidade na entrega do pavimento e vias em perfeitas condições de tráfego”, afirmou.

Para o diretor Metropolitano da Sabesp, Paulo Massato, a cooperação contribui para a melhoria das condições da cidade. “A Sabesp é uma das empresas que mais tem infraestrutura subterrânea em São Paulo, com água e esgoto, e essa é uma cidade complexa, com crescimento desordenado e muito tráfego. Nossa contribuição agora é buscar essa melhoria do meio ambiente urbano, trabalhando em conjunto com a Prefeitura para entregar vias bem pavimentadas e melhor transitáveis”, disse.

A Sabesp estima trocar 850 km de rede de água apenas para a redução de perdas na Grande São Paulo, sendo a maior parte desse trabalho executada na Capital. O convênio da Companhia e da Prefeitura prevê a manutenção, renovação e ampliação de redes e ramais de distribuição de água e de coleta de esgoto e também a recomposição do asfalto de forma coordenada. Além disso, já estão em execução as obras para ampliação de coleta e tratamento de esgoto do programa Novo Rio Pinheiros, 99% na cidade de São Paulo.

“Os dois principais problemas de zeladoria na cidade são árvores e buracos. Estamos trabalhando para a melhoria do bem-estar comum. As obras da Sabesp são importantes e a cidade sabe disso. Estamos contratando controle tecnológico, que vai possibilitar uma troca de informações melhor entre Prefeitura e Sabesp. A médio prazo, vamos ter uma cidade melhor pavimentada e isso é um patrimônio de todos nós”, afirmou o secretário municipal das Subprefeituras, Alexandre Modonezi.

A estimativa é que seja feita a recomposição do pavimento em cerca de 400 mil m² de vias públicas ao ano. Com o convênio firmado, a Sabesp agiliza seu trabalho – garantindo qualidade no abastecimento, ampliando a rede de esgoto e reduzindo as perdas de água – e contribui para a recuperação do meio ambiente urbano, pois vai recapear as ruas onde as intervenções maiores forem feitas. O acordo prevê ainda, por parte da Prefeitura, o fornecimento à Sabesp de 3 mil m³ de RAP, material usado durante a fresagem, para a Companhia realizar pesquisa para possível utilização nos serviços de recomposição de valas. 

Comentários desta notícia

Publicidade