REVISTA TAE - ETE da Vila Selinger está com 70% dos trabalhos executados
Esta notícia já foi visualizada 238 vezes.



ETE da Vila Selinger está com 70% dos trabalhos executados

Data:13/01/2020
Fonte: CASAN

O Sistema de Esgotamento Sanitário da Grande Próspera deverá ser colocado em funcionamento ainda em 2020. A expectativa é de que essa infraestrutura seja entregue para a comunidade no começo do segundo semestre deste ano. Uma das últimas etapas é a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Vila Selinger, que está com 70% dos trabalhos concluídos. A CASAN também está com uma equipe Socioambiental percorrendo os bairros que receberam as obras, divulgando seus benefícios e esclarecendo dúvidas da população.

O ano começou com a empresa Itajui, responsável pela obra, focando a conclusão da Estação de Tratamento de Esgoto e por isso com os trabalhos em ritmo acelerado. Também nestes últimos dias foi concluído o processo de licitação para a construção do emissário terrestre, tubulação que levará o esgoto bruto da última elevatória até a Estação de Tratamento.

Percorrendo as ruas

Paralelamente às obras, uma equipe socioambiental está percorrendo todos os bairros por onde passaram  as obras, explicando os benefícios de um sistema de esgotamento sanitário. Materiais educativos são entregues aos moradores, mostrando o que é o esgoto, qual a importância de seu tratamento, que doenças o esgoto não tratado pode causar e que doenças pode causar, entre outras informações.

Nestes últimos dias a visitas se concentraram pelo comércio da Grande Próspera, com contato direto com os funcionários das empresas, que além de gostarem da iniciativa, ainda pediram material para repassar para os clientes.

A funcionária do Laboratório Pasteur, na Rua General Osvaldo Pinto da Veiga, no bairro Próspera, Jéssica Helena Sotomayor, falou que é importante as pessoas saberem que o sistema entrará em funcionamento e a importância da obra para a melhoria da qualidade de vida e principalmente para a saúde das pessoas. “Nós que trabalhamos na área de saúde sabemos dos benefícios e precisamos levar para as outras pessoas”, ressaltou Jéssica.

Na empresa HBL Informática, os funcionários e clientes pararam para ouvir da assistente social Marisa Dorigon, que trabalha a serviço da CASAN, explicar sobre os benefícios do sistema de esgotamento e entregar uma cartilha para cada um. “Precisamos estar cientes das transformações que acontecem em nossa comunidade”, falou Ronaldo Matias, um dos clientes que estavam na loja no momento. Pelo cronograma da assistente social, a previsão de nos próximos dias visitar todas as unidades de saúde.

Comentários desta notícia

Publicidade