REVISTA TAE - Unidade de Recuperação Ambiental (URA)
Esta notícia já foi visualizada 244 vezes.



Unidade de Recuperação Ambiental (URA)

Data:15/01/2020
Fonte: CASAN

Projeto inédito no país, a Unidade de Recuperação Ambiental (URA) Beira-Mar Norte recebeu valiosos comentários do professor Fernando K, que mantém um canal com quase 50 mil inscritos no You Tube (ele estima que mais de 30 mil são engenheiros).

Graduado em Ciência da Computação, diretor de uma empresa de tecnologia e criador de um reconhecido curso de Programação para crianças, adolescentes e adultos, famoso na web e pelo seu blog - Tutoriais, Tecnologia e Tendências -, Fernando Koyanagi visitou as instalações da unidade que está despoluindo a Baía Norte de Florianópolis para contar como é a tecnologia empregada no equipamento.

“O Projeto de Telemetria utiliza IoT (Internet das Coisas) para recuperação ambiental. No processo de tratamento são retirados resíduos sólidos e utilizadas técnicas para tratamento da água, como por exemplo aplicação de luz ultravioleta para matar microrganismos”, explica o professor. 

No vídeo de 33 minutos, nove minutos são dedicados à CASAN, nos quais ele passa uma noção da abrangência do Sistema de Telemetria utilizado pela Superintendência Regional Metropolitana (SRM), que controla 430 telas, e a partir do minuto 8 entra no assunto especifico da URA.

Fernando Koyanagi é um especialista em Internet das Coisas (IoT), tradução de Internet of Things, que descreve um cenário em que diversas coisas estão conectadas, se comunicam e se relacionam. Neste caso, IoT aplicada na recuperação ambiental pela CASAN.

No programa cujo tema é Geolocalização e Rastreamento, a partir do minuto 4 o professor cumprimenta a inovação do Projeto, mostra-se positivamente surpreso pela transparência da Companhia (“nem sempre é assim que as empresas fazem”, comenta), se diz impressionado pela redução de coliformes fecais na área e agradece a receptividade dos engenheiros Ezequiel Medeiros, Giulio Cesare Facchin, Márcia Panciera Facchin, Gustavo Weber de Simas e Edgar Marcelino Pinheiro.

A partir do minuto 13, o vídeo se encaminha para outros assuntos, mas fica registrado no You Tube “um excelente exemplo de tecnologia a serviço das pessoas e do meio ambiente”, como ele define. No espaço de comentários de seu canal, o professor Fernando K escreve: “Fico feliz de conhecer uma empresa pública que desenvolve projetos como vocês. A CASAN está realmente a serviço da população e do bem-estar”.

Comentários desta notícia

Publicidade