REVISTA TAE - DAEE firmou termo de cooperação com a Prefeitura de São Paulo e assumirá a operação dos conjuntos de pôlderes
Esta notícia já foi visualizada 304 vezes.



DAEE firmou termo de cooperação com a Prefeitura de São Paulo e assumirá a operação dos conjuntos de pôlderes

Data:16/01/2020
Fonte: www.saopaulo.sp.gov.br

Pôlderes ficam na Marginal Tietê, na capital paulista, e agora estão integrados a sistema do Departamento de Águas e Energia Elétrica


Do Portal do Governo

O Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) firmou termo de cooperação com a Prefeitura de São Paulo e assumirá a operação dos conjuntos de pôlderes (equipamentos hidráulicos para controlar cheias) das pontes das Bandeiras, Casa Verde e Anhanguera, na Marginal Tietê. Serão mais 26 bombas integradas ao sistema do DAEE.

O DAEE já opera seis pôlderes na marginal Tietê: Ponte do Limão margem direita; Ponte Aricanduva, margens direita e esquerda; Ponte Vila Maria, margens direita e esquerda; e Ponte Vila Guilherme margem esquerda.

Com o termo de cooperação, o DAEE vai administrar 46 bombas. O conjunto tem capacidade para bombear 400 metros cúbicos por segundo. “A integração permite otimizarmos o sistema de controle de cheias do rio Tietê na cidade de São Paulo. A operação de todos esses pôlderes passa a ser do DAEE e funcionará de maneira integrada”, destacou o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente do Governo do Estado, Marcos Penido.

Em contrapartida, a Prefeitura assume a operação e manutenção dos piscinões Guamiranga, na Vila Prudente, e Olaria, no córrego Olaria, afluente do córrego Pirajuçara. O primeiro tem capacidade para reservar 850 mil metros cúbicos de água das chuvas, e o segundo, 100 mil metros cúbicos.

Comentários desta notícia

Publicidade