REVISTA TAE - Cidade de Indaial tem capacidade de reserva de água em quase 80%
Esta notícia já foi visualizada 259 vezes.



Cidade de Indaial tem capacidade de reserva de água em quase 80%

Data:17/01/2020
Fonte: CASAN

Com um novo e moderno reservatório vitrificado em operação desde dezembro, e elevação da capacidade de reserva de água em quase 80%, a cidade de Indaial registra uma redução considerável no registro de problemas de abastecimento.

Houve uma redução de 43% de reclamações de falta de água neste Verão em comparação à temporada passada. Em 2019 foram necessárias 40 operações de caminhão-pipa. Nos últimos dois meses e meio, apenas em uma oportunidade a Companhia teve de disponibilizar caminhão-pipa.

 “Esses índices são consequência de investimentos e ações que trouxeram mais segurança para atender a população, mesmo em uma época com temperaturas próximas a 40ºC”, avalia o chefe da Agência local da CASAN, Daniel Matthes.

Com recursos que chegam a R$ 6,4 milhões, o Sistema de Abastecimento de Água de Indaial recebeu novas redes, boosters, poços para captação de água bruta e maior capacidade de reserva.

Somente o novo reservatório vitrificado da Rua Camboriú exigiu R$ 2,1 milhões de recursos. Com alta tecnologia e capacidade de 2 milhões de litros, garante a reservação de água para oito a 10 horas de consumo.

“Significa que se tivermos algum problema no sistema teremos todo esse tempo para buscar a solução sem necessidade de interromper o fornecimento aos moradores”, explica Matthes.

Os moradores já sentem também os benefícios da implantação de um novo poço, que acrescentou mais 15 litros por segundo na distribuição. Com isso, 17 milhões de litros de água, em média, são tratados e distribuídos diariamente na cidade.

O Sistema de Abastecimento de Indaial conta ainda com reforços nos sistema de distribuição: duas novas bombas de recalque de água tratada, dois novos sistemas de bombeamento (um no Bairro Benedito e outro no Ribeirão das Pedras) e duas novas adutoras na Avenida Brasil.

Além disso, Indaial passou por uma ação intensiva para identificar vazamentos ocultos, que trouxe melhorias significativas na redução de perdas. A Força-Tarefa de “caça” aos vazamentos ocultos permitiu o geofonamento de 80 ruas, identificando vazamentos que não afloravam no terreno, mas comprometiam a distribuição. 

Contudo, os investimentos não param e em 2020 já estão previstos um novo reservatório no Bairro Benedito de 250m³ (em fase de abertura de propostas), um novo reservatório no Bairro Encano de 400m³, cinco novos Boosters com conjunto motobomba reserva, mais de 20 quilômetros de redes novas que serão passadas para o passeio e outras melhorias, num total aproximado de mais R$ 3 milhões.


Fotos: Acervo CASAN
 

Comentários desta notícia

Publicidade