REVISTA TAE - Cedae inicia tratamento da água na estação do Rio Guandu com carvão ativado
Esta notícia já foi visualizada 332 vezes.



Cedae inicia tratamento da água na estação do Rio Guandu com carvão ativado

Data:23/01/2020
Fonte: Cedae

Objetivo é reduzir odor e gosto de terra provocados pela geosmina

Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil 

A Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) inicia hoje (23) o tratamento da água na estação do Rio Guandu (ETA Guandu, no Grande Rio) com carvão ativado. A informação foi divulgada pela Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio (Agenersa).

O carvão ativado será usado para tentar reduzir o odor e gosto de terra provocados pela substância orgânica geosmina e que vêm sendo percebidos na água fornecida pela Cedae, há cerca de três semanas, na região metropolitana da capital.

A Cedae encaminhou ontem (22) à Agenersa os resultados das análises da qualidade da água tratada pela ETA Guandu. As análises foram feitas entre os dias 9 e 18 deste mês. Segundo a Agenersa, não foram encaminhados os resultados dos testes feitos nos dias 19 e 20, porque a Cedae explicou que eles ainda estão em fase de análise.

A agência informou que os dados da Cedae serão comparados com os resultados das análises realizadas pela Vigilância Sanitária Municipal.

Caso sejam comprovadas falhas nos procedimentos da Cedae, que comprometam a qualidade da água e coloquem em risco a saúde dos usuários, a concessionária pode ser multada em até R$ 5 milhões.

Comentários desta notícia

Publicidade