REVISTA TAE - CETESB amplia os canais de comunicação com o setor produtivo paulista
Esta notícia já foi visualizada 180 vezes.



CETESB amplia os canais de comunicação com o setor produtivo paulista

Data:30/01/2020
Fonte: CETESB

10 Câmaras estão em atividade e estão sendo implantadas outras duas

A CETESB vem ampliando os canais de comunicação com o setor produtivo paulista, com a implantação de Câmaras Ambientais, um importante fórum de debates entre o setor industrial e o órgão ambiental, onde se discute alternativas viáveis de prevenção e controle de poluição dentro dos princípios do desenvolvimento sustentável.

Em 2019, foram acrescidas três Câmaras as sete já existentes, sendo a reativação de duas – indústrias Química e Petroquímica e a de Resíduos – bem como a de Gerenciamento de Áreas Contaminadas. Em breve, deverá entrar em funcionamento mais outras duas – Mudanças Climáticas e do Setor de Saneamento -, quando totalizará 12 Câmaras Ambientais em atividade.

“Este tipo de parceria com o setor produtivo é fundamental para consolidar uma política ativa de diálogo e uma ferramenta segura e eficiente de gestão, de modo a garantir avanços que promovam a melhoria da qualidade ambiental no Estado”, afirma a diretora-presidente da CETESB, Patrícia Iglecias.

As 10 Câmaras Ambientais reúnem representantes dos setores da indústria da construção, têxtil, madeira, mobiliário, de papel, papelão e celulose, das indústrias químicas e petroquímicas, comércio e derivados de petróleo, de gerenciamento de áreas contaminadas, mineração, refrigeração e ar condicionado, setor de resíduos e sucroenergético.

Na composição das Câmaras, o Sistema Ambiental estadual é representado por, no máximo, seis integrantes e respectivos suplentes. Já o setor produtivo por até 10 representantes. Podem participar, também, das reuniões plenárias na qualidade de convidados, representantes de entidades públicas ou privadas, órgãos de classe, empresas, organizações não governamentais ou da sociedade civil, após consulta aos membros efetivos.

As Câmaras Ambientais são coordenadas pela Divisão de Coordenação Setorial (PDC), subordinada ao Departamento de Desenvolvimento Estratégico e Institucional (PD), vinculados à Presidência da CETESB.

Comentários desta notícia

Publicidade