REVISTA TAE - Desafios da ANA incluem para mitigação e prevenção de conflitos por água, afirma diretora-presidente
Esta notícia já foi visualizada 172 vezes.



Desafios da ANA incluem para mitigação e prevenção de conflitos por água, afirma diretora-presidente

Data:04/02/2020
Fonte: Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) Agência Nacional de Águas (ANA)

Reunião do Conselho Superior do Agronegócio (COSAG), na FIESP, contou com participação de Christianne Dias e dos ex-ministros da Agricultura Alysson Paulinelli e Roberto Rodrigues

A diretora-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Christianne Dias, participou nesta segunda-feira, 3 de fevereiro, de reunião do Conselho Superior do Agronegócio (COSAG), na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), com o tema “Irrigação”. No encontro, Christianne destacou o papel da ANA na garantia do uso múltiplo das águas, em especial, na mitigação e prevenção de conflitos pelo uso do recurso nos períodos de escassez hídrica. Como exemplos dessa atuação, a diretora-presidente mencionou as ações na bacia hidrográfica do rio São Marcos (GO/MG) e na Região Hidrográfica do Paraguai, onde fica o Pantanal.

Christianne também relembrou aos conselheiros e participantes da reunião sobre a necessidade de fortalecer as parcerias para a implementação do Plano Nacional de Segurança Hídrica (PNSH) e dos instrumentos da Política Nacional de Recursos Hídricos. “Estamos construindo pontes entre os diversos agentes participantes desse debate, realizando oficinas, consultas e reuniões com quem vai construir e implementar essas ferramentas”, disse Christianne.

Na mesma reunião, o ex-ministro da Agricultura Alysson Paulinelli mencionou a importância da irrigação para que o Brasil possa produzir o que ele chamou de "terceira safra". Isso se dará por meio da ampliação da área irrigada. Ao final do evento, o ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues propôs a criação de um grupo com representantes do setor de irrigação e a ANA para aprofundar as discussões sobre o tema do uso da água.

“Participar de encontros como este, ao lado de grandes nomes do setor, como Paulinelli e Rodrigues, é uma honra. Poder travar um diálogo aberto com os setores usuários, como a indústria, é o que nos fará pensar em formas de construirmos o desenvolvimento do Brasil por meio das águas”, afirmou a diretora-presidente.





Divulgação FIESP
Cristianne (na mesa) participa das discussões na FIESP sobre uso da água

Comentários desta notícia

Publicidade