REVISTA TAE - Sabesp amplia infraestrutura de saneamento de esgotos em Itupeva
Esta notícia já foi visualizada 171 vezes.



Sabesp amplia infraestrutura de saneamento de esgotos em Itupeva

Data:07/02/2020
Fonte: Sabesp

O Governador João Doria esteve na cidade de Itupeva nesta quinta-feira, 6/2, para confirmar investimentos de R$ 13,9 milhões em obras de saneamento e infraestrutura urbana na cidade. O conjunto de obras para ampliação de coleta de esgotos, recapeamento de vias e construção de uma ponte vai beneficiar diretamente toda a população da cidade, de 55 mil habitantes.

“Esses investimentos se devem à boa gestão de Itupeva, se deve à boa gestão dos nossos prefeitos. Investir em educação, em infraestrutura e saneamento é essencial para melhorar a qualidade da vida da população. Esse é um governo que se orgulha da boa gestão pública que tem feito em São Paulo”, afirmou Doria.

O Governador acompanhou o início da ampliação do sistema de coleta de esgotos de Itupeva. A principal obra será a implantação de coletor-tronco na margem esquerda do rio Jundiaí e ribeirão Caxambu, com quase oito quilômetros de extensão.

O investimento da Sabesp é de R$ 9 milhões e, durante as obras, 60 empregos serão gerados. A previsão é que os trabalhos terminem em outubro de 2022.

“Estamos trazendo obras para a segurança da qualidade da água. Falar de qualidade da água é falar da qualidade de vida”, enfatizou o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido.

Participaram do início das obras o governador João Doria; o prefeito de Itupeva, Marco Antônio Marchi; o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido; o diretor-presidente da Sabesp, Benedito Braga; e o diretor de Sistemas Regionais da Sabesp, Ricardo Borsari.

O novo coletor vai receber o esgoto de vários bairros e conduzi-lo para tratamento. A coleta de efluentes da zona industrial de Itupeva é o principal destaque da obra. Como o novo sistema, Itupeva vai desativar três estações elevatórias e reduzir gastos com manutenção e consumo de energia elétrica.

“Esta é uma região muito industrializada com problemas de manutenção da boa qualidade da água dos rios. Esse trabalho então vai possibilitar e garantir uma melhor qualidade da água dos rios urbanos de Itupeva e do rio Jundiaí. Por sinal, o rio Jundiaí é um rio que foi recuperado, é um exemplo para o Brasil”, ressaltou o presidente da Sabesp, Benedito Braga.

“Essas ações saneiam esta área, que já possuía sistema de esgoto, mas vai melhorar. É uma obra muito importante para garantir que aquele ganho que tivemos no passado com reenquadramento do rio Jundiaí da classe 4 para a classe 3 permaneça ao longo do tempo e melhore, mesmo com o desenvolvimento da região”, finalizou o diretor de Sistemas Regionais da Sabesp, Ricardo Borsari.

 

Comentários desta notícia

Publicidade